terça-feira, 14 de novembro de 2017

Análise do jogo "O Elvas" vs Montargilense





Nesta segunda jornada do campeonato distrital de Portalegre, mais uma vez o Elvas encontrou um adversário muito difícil. Parece-me que este campeonato é mais equilibrado em termos das primeiras seis equipas. Conjuntos mais reforçados com brasileiros, africanos e jovens oriundos de equipas da zona da grande Lisboa. 

Relativamente a este jogo, nos primeiros 20 minutos de jogo o Montargilense entrou fazendo uma pressão muito alta e quase sufocando a equipa elvense, não permitindo que o Elvas passasse do seu meio campo e obrigando o bloco defensivo raiano a um trabalho intensivo e até a cometer alguns erros, quer de marcação, quer de posicionamento em campo. 

No entanto, nos 15 minutos seguintes o Elvas equilibrou a partida e até criou algumas ocasiões, não sendo eficaz na finalização. Posteriormente, nos últimos minutos da primeira parte, a equipa do concelho de Ponte de Sor, regressou ao domínio do jogo e numa transição rápida, por intermédio de Funa, jogador talentoso e rápido conseguiu penetrar no setor defensivo elvense e fazer o primeiro golo Montargilense. 

Em sequência do resultado o Montargilense ia fazendo perigo, devido à sua capacidade atlética e grande rapidez dos seus dianteiros, com Funa e o japonês Hidetsugu, estes dois jogadores deram sempre muito trabalho ao bloco defensivo elvense. 

Na segunda parte, não podia começar pior, com o segundo golo, desta vez por intermédio de Hidetsugu, na sequência de um ressalto de bola dentro da pequena área, sem culpas para Guilherme Branco, que aliás fez um bom jogo, não podendo evitar os golos forasteiros. 

Depois do 0-2 o Elvas foi procurando reduzir a desvantagem, mas não teve capacidade de se impor no jogo, mesmo assim ainda disfrutou de uma ou outra ocasião para concretizar, sendo inoperante, nas poucas oportunidades que o Montargilense permitiu. 

Entretanto, surge uma grande penalidade sobre João Carlos, que o árbitro fechou os olhos, não assinalando a favor do Elvas. A equipa da casa foi sempre muito lutadora até ao fim do jogo, mas não teve capacidade para superar esta também jovem equipa de Montargil, que está recheada de bons executantes. 

Quanto ao Elvas foi uma agradável surpresa o jovem defesa esquerdo Sérgio Ferreira, que nos parece com qualidade para poder evoluir nesta equipa. 

Quanto ao plantel do Elvas é curto e os jovens que estão no banco ainda não têm andamento para este campeonato. 

Ou a Direção abre os cordões à bolsa ou então a equipa elvense vai ter muitas dificuldades neste campeonato, porque apesar do talento de alguns jovens da equipa, não nos parece suficiente para fazer face aos plantéis mais reforçados. Quanto à equipa técnica não pode fazer melhor.

A equipa de arbitragem, voltou a cometer erros, quer disciplinares, quer técnicos, podendo influenciar o resultado final.
                

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Análise do Jogo "O Elvas" vs Gavionenses





Jogo equilibrado, mas mal jogado, com muito jogo aéreo, com muita luta e pouco futebol. O Elvas na primeira parte, perdeu sempre o meio campo, errou muitos passes, o que proporcionou ao adversário fazer transições rápidas e algumas com perigo, mais por culpa própria do que por mérito dos Gavionenses. O clube azul e oiro iniciou o jogo com algumas baixas, por lesão: Ricardinho, Cornelijus e Miguel Afonso e por indisponibilidade laboral Rui Matos. Logo aos 4 minutos sofre uma grande penalidade algo duvidosa, sendo o infrator o médio defensivo Oleg. A penalidade foi convertida superiormente por Diogo Rosado, fazendo o 1-0.   Entretanto o jogo continuava repartido a meio campo, mas o Elvas dispôs de uma flagrante ocasião numa cabeçada de João Carlos, fazendo passar a bola por cima da barra de Norberto. No entanto, no minuto 15 mais uma vez de bola parada, desta vez de livre, uma espécie de canto mais curto, novamente Diogo Rosado, concretiza fazendo o segundo golo, com algumas responsabilidades para Guilherme Branco. Até ao momento, nada justificava esta vantagem de dois golos sem resposta. O Elvas foi à procura de reduzir a desvantagem, conseguindo o 2-1 no minuto 33 com um excelente cruzamento de Tiago Vidigal e concretizado por Pombo na sequência de um cabeceamento eficaz, sem hipótese para o guarda-redes de Gavião.

A equipa elvense teve sempre enorme dificuldade em circular a bola na zona de construção e o último passe nunca saía jogável para os dianteiros, também um pouco pela agressividade imposta pela equipa gavionense e principalmente pelo capitão André Rodrigues que conduzia e pautava todo o jogo, procurando sempre linhas de passe para os avançados que aproveitavam a intranquilidade do setor defensivo azul e oiro. Na segunda parte, o Gavionenses foi sempre muito perigoso em jogadas de estratégia e o Elvas nunca foi capaz de contrariar essas ações trabalhadas pelo técnico Américo Rosa. Passavam os minutos e o Elvas era incapaz de comandar o jogo, enquanto que o adversário muito experiente provocava faltas, em que muitas vezes elas não existiam e a equipa arbitral assinalava-as quase sempre, parecendo-nos com alguma doze de caseirismo. Nos últimos minutos o Gavionenses limitava-se a fazer jogo direto, afastando a bola do seu setor defensivo e o Elvas manifestava-se incapaz de criar perigo, com exceção de um cruzamento no minuto 94 de António Conceição, fazendo algum perigo em que o Elvas poderia ter empatado o jogo.


Conclui-se que, a paragem da equipa, devido à realização da final da Taça da Associação, prejudicou o Elvas encontrando-se sem ritmo de jogo, desfalcado e a necessitar de uma grande afinação, principalmente nos momentos defensivos e na saída de bola partindo da primeira fase de construção e posterior passes de rutura, que praticamente não existiram. Como é evidente, estamos no início do campeonato, mas o plantel é curto e não abona em experiência.  
    

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

"O Elvas" joga em Gavião




Joga-se no próximo domingo pelas 15 horas, a 1ª jornada do Campeonato Distrital Sénior, da Associação de Futebol de Portalegre, onde a equipa de "O Elvas" se desloca até Gavião para defrontar a equipa dos Gavionenses.


Após boas impressões deixadas na taça de honra, começa agora o campeonato, onde os azuis e oiro pretendem melhorar a prestação da época passada.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

"O Elvas" joga em Portalegre




Joga-se no próximo domingo pelas 15 horas, a 4ª jornada da Taça de Honra, da Associação de Futebol de Portalegre onde a equipa de "O Elvas" se vai deslocar até à capital de distrito para defrontar a equipa do Portalegrense.

Os azuis e oiro são neste momento líderes do grupo B, no entanto têm mais um jogo que a equipa adversária.

Prevê-se um jogo complicado para os comandados de João Carlos Lopes e prevê-se um jogo interessante de se acompanhar.