domingo, 16 de dezembro de 2012

Treinador de Bancada

Jogo difícil em campo pelado e encharcado, com um adversário muito pressionante e aguerrido, que logo no primeiro minuto poderia ter criado um dissabor ao Elvas, mas o clube azul e oiro na resposta inaugurou o marcador por João Carapinha. Entretanto, durante 25 minutos teve o domínio do jogo, sem conseguir um futebol vistoso, dada a natureza do terreno de jogo e da pressão constante do adversário. No entanto no minuto 26, surge o primeiro caso do jogo, em que é expulso João Carapinha, que respondeu a uma provocação de um adversário e o Elvas ficou reduzido a dez unidades. Perto do intervalo Lourinho perde uma grande oportunidade para ampliar o marcador e fazer tranquilizar a equipa. Na segunda parte, o Elvas entra forte fazendo uma pressão alta e recuperando a bola no sector defensivo contrário, o que originou o segundo golo no minuto 50 por intermédio de Lourinho. Depois surge uma fase do jogo, ou melhor dizendo “anti- jogo” e violência por parte do Alpalhoense, incitados pelo seu público, o que é lamentável, e nessa fase o árbitro teve enorme dificuldade em segurar o jogo no capítulo disciplinar. Na fase final o Elvas, marcou o terceiro golo, numa transição rápida de Luís Carapinha e aproveitada por Lourinho. Aí o Elvas poderia ter marcado mais, mas ficou-se por aí. Com toda a instabilidade criada neste jogo, não era possível, fazer um jogo brilhante, em termos de qualidade futebolística e também devido às condições climatéricas que aconteceram todo o dia na região norte alentejana. No capítulo das expulsões está a ser complicado gerir esta situação em que os adversários provocam e os jogadores do Elvas respondem, mas o árbitro castiga apenas quem responde e o Elvas é severamente prejudicado com estas situações. Os adversários não podem com o Elvas e arranjam todo o tipo de estratégias para o diminuir, mas o que é curioso é que isto não acontece com os outros candidatos.
        

O Elvas com a sua história, o seu passado e o seu nome, incomoda muita gente e é por esse motivo que tem muitos inimigos e vai ser assim até ao fim, lutar e jogar com onze ou menos, mas sempre contra mais de onze.

"O Elvas" vence Alpalhoense por 3 - 1






Jogou-se na tarde deste Domingo a 11ª Jornada do Campeonato Distrital de Portalegre, "O Elvas" deslocou-se até a aldeia de Alpalhão para defrontar a equipa local, arrecadando assim mais uma vitória por 3 bolas a 1, com os golos a serem marcados por: João Carapinha e Lourinho com um Bis. Destaque para a expulsão de João Carapinha que viu vermelho direito por agressão a um jogador do Alpalhoense. Mais uma vitória para a equipa azul e oiro que persegue assim as equipas do FC Crato e Campomaiorense que continuam na liderança deste Campeonato, com mais 1 ponto que "O Elvas". Fecha-se assim o ano desportivo oficial de 2012, que para muitos adeptos e sócios azuis e oiro terá sido dos piores de sempre da equipa de "O Elvas".  Na próximo dia 21 de Dezembro, "O Elvas" desloca-se até Monsaraz para defrontar a equipa do Reguengos.


A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rui Santos, Rogério Chinita, João Cordeiro, André Largueiras, João Carapinha, Luís Carapinha, Lourinho, Luís Coelho e Carlos Xavier;

Ainda jogaram: Roberto Paredes, Mañas e Filipe Branco.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Alpalhoense vs "O Elvas"




"O Elvas" desloca-se no próximo domingo dia 16, pelas 15 horas ao terreno do Alpalhoense para jogar a 11ª jornada do Campeonato Distrital de Portalegre. Depois de na semana passada a equipa azul e oiro ter esmagado a equipa do Montargilense, esta deslocação a Alpalhão será mais uma oportunidade para os comandados de Jorge Vicente mostrarem que a equipa está em alta e que nenhum campo será obstáculo para a equipa, na luta pelo primeiro lugar do campeonato. A equipa de "O Elvas" têm 21 pontos (menos 1 que FC Crato e Campomairense), já a equipa do Alpalhoense têm 7 pontos e ocupa o 13º deste campeonato Distrital. 

Este é o jogo que antecede um dos jogos mais aguardados do campeonato,  "O Elvas" vs Campomairense, por isso todo o cuidado é pouco no jogo em Alpalhão, quer seja a nível de lesões, quer a nível dos senhores de apito que durante esta temporada já demonstraram alguma "má fé" para com atletas azuis e oiro.

A equipa de arbitragem é composta pelo árbitro António Matias que será auxiliado por: Márcio Margalho e  João Parente.



domingo, 9 de dezembro de 2012

Treinador de Bancada

Este jogo tinha particular interesse na medida em que o Elvas estreava o treinador Jorge Vicente e também apresentava perante o seu público o jogador Manuel do Carmo. Ambos mostraram serviço, apesar do atleta ter jogado só na segunda parte, mostrou o bom toque de bola, visão de jogo, ainda alguma velocidade e experiência de muitos anos de futebol. Quanto ao treinador, em duas semanas de trabalho revolucionou por completo esta equipa, que não tinha processos de construção de jogo e agora já se vê uma ligeira evolução táctica, uma atitude mental e física enorme. A equipa joga ao longo de todo o campo, pressiona logo quando o adversário sai com a bola, faz uma circulação de bola rápida e há constantes movimentações dos avançados, há triangulações entre os jogadores, o esférico está quase sempre no relvado, tem um tempo de posse de bola muito superior ao adversário, há grande trabalho na recuperação de bola no meio campo, há mudanças de flanco com regularidade. Excelente a recuperação técnico/táctica executada pelo jovem técnico do Elvas. Atenção que o Montargilense é uma equipa que até defende bem, mas quem é que podia suportar o ritmo de jogo imposto pelo Elvas durante 90 minutos, com uma pressão alta e com uma circulação de bola rápida e transições ofensivas mortíferas, provavelmente nem os candidatos deste campeonato suportariam a avalanche ofensiva com esta dinâmica de jogo apresentada pelo clube azul e oiro e energicamente dirigida do banco pelo seu técnico Jorge Vicente, facto que não tínhamos visto nos treinadores anteriores.

Na minha opinião há ainda a necessidade de trabalhar as jogadas de estratégia, a finalização e melhorar a qualidade de passe, mas com a entrada de Mañas e Manuel do Carmo a equipa melhorou muito no ataque, porque são jogadores com experiência e no capítulo da decisão resolvem, no entanto, falta alguém no meio campo com técnica que saiba jogar com o Luís Carapinha, pois o Elvas continua a jogar com dois médios defensivos, em que um é defesa adaptado a médio (João Carapinha) e neste jogo com um adversário frágil não se justificava este sistema táctico, embora devido ao plantel reduzido e às lesões, o técnico não teve outra solução.


        Se a equipa continuar a evoluir com o trabalho realizado pelo técnico Jorge Vicente, então passará a ser o candidato mais forte deste campeonato.

"O Elvas" vence Montargilense por 9 - 1




Jogou-se hoje a 10ª jornada do Campeonato Distrital de Portalegre, "O Elvas" recebeu e venceu a equipa do Montargilense por 9 bolas a 1, com os golos a serem marcados por Luís Coelho, Luís Carapinha, João Cordeiro, Carlos Xavier (2), Mañas (2), João Carapinha e Manuel do Carmo. Num jogo que marcou a estreia em jogos oficiais do técnico azul e oiro Jorge Vicente, "O Elvas" apresentou-se bem e sem surpresas venceu a partida. Com esta vitória "O Elvas" aproxima-se do FC Crato, que empatou ontem em Fronteira e do Campomaiorense, que perdeu hoje em Gáfete. "O Elvas" desloca-se na próxima jornada a Alpalhão, para defrontar a equipa local. 


A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rui Santos, Chinita, João Cordeiro, André Largueiras, João Carapinha, Luís Carapinha, Luís Coelho, Lourinho e Carlos Xavier. 

Ainda jogaram: Mañas, Manuel do Carmo e Filipe Branco. 

sábado, 8 de dezembro de 2012

"O Elvas" vs Montargilense




"O Elvas" recebe no próximo domingo, dia 9 pelas 15 horas a equipa do Montargilense, jogo este a contar para a 10ª jornada do Campeonato Distrital de Portalegre. "O Elvas" que vêm de 1 semana sem jogar, pois folgou na semana passada tem aqui o primeiro teste sobre o comando do novo técnico azul e oiro Jorge Vicente. Espera-se um jogo "fácil" para  equipa azul e oiro que terá pela frente o 11º Classificado. O trio de arbitragem será composto por Ricardo Lourenço que terá como assistentes Luís Tavares e Renato Lopes. "O Elvas" não poderá contar com André Canoa que viu cartolina vermelha directa no jogo em Santo Amaro. 

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Jorge Vicente ("O Elvas"): trabalhar, vencer e subir



JorgeVicenteJorge Vicente (na foto) é o novo treinador de “O Elvas” Clube Alentejano de Desportos, sucedendo assim no comando técnico "azul-e-ouro" a uma série de três treinadores nos três últimos jogos: Manuel Henriques, Carlos Folgado e Adelino Pereira.
Em entrevista à Rádio ELVAS, Jorge Vicente, afirma "ter vontade de trabalhar e vencer". Os objetivos passam por "ganhar o campeonato distrital e assegurar a subida ao nacional". Quanto a possiveis alterações ao plantel sénior, Jorge Vicente, adianta que "a situação está a ser analisada".

Ouvir aqui declarações de Jorge Vicente à Rádio ELVAS


Jorge Vicente tem nove épocas como treinador: Vasco da Gama da Vidigueira (2004/05), Barrancos (2005/06), Despertar de Beja (2006/07), Atlético de Reguengos (2007/08, 2008/09, 2009/10 e 2010/11) e Juventude de Évora (2011/12).


Destaque para o trabalho em Reguengos de Monsaraz, onde pegou a equipa no distrital e, em três épocas, levou-a à II Divisão nacional. Foi campeão distrital em Évora em 2007/08: fez 26 jogos, com 24 vitórias, dois empates e 88-12 em golos.


Jorge Vicente subiu à II Divisão em 2008/09, depois de ter sido segundo classificado na III Divisão, Série F, atrás do Louletano. Foi quinto classificado na II Divisão nacional em 2009/10. A seguir, em 2010/11 e 2011/12, assegurou a manutenção na II Divisão.

O técnico tem 33 anos e representou, na temporada passada, o Juventude de Évora, depois de quatro época no Atlético de Reguengos. Nasceu na Guarda e foi guarda-redes do Guarda, Esperança de Lagos, Portimonense, Lusitano de Évora e Beja. "In RádioElvas.com"

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Jorge Vicente é o novo treinador de "O Elvas"



"O Elvas" anunciou há momentos através do seu site oficial, que Jorge Vicente, técnico de 32 anos que na época passada orientou o Juventude de Évora, será o novo treinador da equipa azul e oiro. Jorge Vicente é natural da Guarda e já exerce a função de treinador desde a época de 2004/2005 quando se estreou ao serviço do Clube de Futebol Vasco da Gama. 

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Treinador de Bancada

O Elvas apresentou-se em Santo Amaro com grande atitude mental e com a lição bem estudada. De qualquer forma, no minuto 5 numa displicência defensiva sofre um golo que tardou a digerir. Passados 20 minutos, inicia a recuperação, tomando o comando do jogo e em transições ofensivas começa a fazer perigo. O jogo estava a ser frenético de parte a parte, bem disputado pelas duas equipas, realmente dois sérios candidatos, mas o Elvas insistia muito no jogo direto que o adversário bloqueava facilmente, por ter jogadores bons no jogo aéreo, até que no minuto 37 numa transição ofensiva rápida por intermédio de Luís Carapinha, faz um passe de rutura para Lourinho que empata a partida. Na segunda parte logo no minuto 48 mais uma jogada genial de Luís Carapinha com uma diagonal para André Canoa fazer o Elvas chegar à vantagem. O Santo Amaro viu-se surpreendido pela velocidade imposta pelo Elvas e tentou reagir, no entanto um elemento da equipa de arbitragem decide alterar o rumo do jogo, provocando uma expulsão a Canoa por uma pseudo agressão a um adversário e o Elvas fica reduzido a dez jogadores no minuto 52. Com esta contradição o Elvas é obrigado a abdicar do ataque continuado. O jogo ficou mais complicado, pois o Elvas tinha que defender em bloco baixo e partir em transições rápidas e assim no minuto 64 Lourinho faz o terceiro golo, mais uma obra de Luís Carapinha, que afectou bastante o Santo Amaro. Entretanto, o adversário com mais um elemento em campo durante tanto tempo, desgastou a equipa elvense. O Elvas a 13 minutos do fim fez entrar em campo o experiente Manuel do Carmo para pautar o jogo a meio campo e evitar ofensivas contrárias, de qualquer forma numa desatenção dos centrais o ex Eléctrico da Ponte de Sor Leandro reduz para 2 -3 mas até final o Elvas equilibrou a partida evitando que o Santo Amaro chegasse ao empate o que seria uma injustiça. É um justo vencedor pelo trabalho táctico e de bom posicionamento em campo, pelo trabalho de pressing alto, pela dinâmica de jogo imposta durante quase todo o jogo e finalmente por apresentar alguma estratégia, principalmente na colocação do fora de jogo em que por vezes foi exímia, verificando-se aí trabalho de casa. Por muito bom que seja o desempenho da equipa terá sempre durante este campeonato um problema que não pode resolver, são as arbitragens habilidosas.

Pelos resultados e exibições obtidas pelos outros candidatos, conclui-se que, aquilo que o Elvas necessita é de uns pequenos retoques no plantel e um treinador experiente e no final, terá certamente mais pontos do que qualquer outro candidato.

domingo, 25 de novembro de 2012

"O Elvas" vence em Santo Amaro por 3 - 2



Jogou-se na tarde deste domingo a 8ª jornada do Campeonato Distrital de Portalegre, "O Elvas" deslocou-se até Santo Amaro para defrontar a equipa local e voltou às vitórias, tendo ganho por 3 bolas a 2, com os golos a serem marcados por Lourinho (2) e por Canoa.  Destaque negativo para a expulsão de Canoa que viu cartão vermelho directo por alegada agressão a um jogador do Santo Amaro. Pela positiva destaque para o "maestro" Luís Carapinha que esteve nos 3 golos da equipa azul e oiro e para a estreia de Manuel do Carmo. No geral, jogo razoável por parte da equipa azul e oiro que voltou às vitórias depois de 2 jogos sem ganhar. Para a próxima semana "O Elvas" folga, será de certo 2 semanas importantes para a direcção apresentar o novo treinador e quiçá apresentar mais soluções para o plantel.


"O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rui Santos, Rogério Chinita, João Cordeiro, André Largueiras, João Carapinha, Luís Carapinha, Lourinho, Luís Coelho e Canoa.


Ainda jogaram: Manuel do Carmo e Carlos Xavier. 

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Santo Amaro vs "O Elvas"



 Joga-se no próximo domingo dia 25 de Novembro pelas 15 horas a 8ª jornada do Campeonato Distrital de Portalegre. "O Elvas" desloca-se ao terreno do Santa Amaro num jogo que se antevê muito dificil para os jogadores azuis e oiro que vêm de 2 derrotas consecutivas e de 2 semanas atribuladas, pois como todos sabemos a equipa em 2 semanas teve 2 treinadores que bateram com a porta. Neste momento temos um colaborador especial que tem muito valor como técnico será ele capaz de motivar a equipa e recolocá-la de novo na onda das vitórias? Esperare-mos para domingo para poder descobrir.

Em seguida fica o comunicado que foi hoje colocado no site oficial do clube:



A Direcção de “O Elvas – Clube Alentejano dos Desportos”, tendo em conta as notícias vindas a público sobre a disponibilidade do treinador LITO VIDIGAL em treinar a equipa de futebol sénior deste clube vem esclarecer todos os sócios, simpatizantes e demais público em geral para o facto de que a colaboração que o treinador LITO VIDIGAL presta actualmente estar a ser realizada em consonância entre esta direcção e o próprio treinador, o qual, a nosso pedido, de imediato se disponibilizou para cooperar com o clube.
Não correspondem pois á verdade e por isso aqui vão categoricamente desmentidas as notícias de que LITO VIDIGAL esteja no comando técnico de “O Elvas” CAD.

Esta colaboração tem sido realizada quotidianamente, não apenas no campo técnico e táctico, mas ainda em organização e sistematização do trabalho a executar pelas demais pessoas que têm vindo a colaborar connosco.
É motivo de imensa satisfação para “O Elvas” CAD e especialmente para esta Direcção o carinho, disponibilidade e dedicação demonstrada pelo treinador LITO VIDIGAL, ao contribuir de forma apaixonada para que o seu clube possa melhorar.
O que deve sobressair, é que “O Elvas” CAD encontrou um forte aliado no mister LITO VIDIGAL, que permitiu que nossa Instituição beneficie do seu saber e boa vontade graciosamente e num plano de verdadeira paixão á nossa terra e ao nosso clube.

Tem sido incansável a atitude do mister LITO VIDIGAL que colocou em jogo todo o peso da sua experiência, capacidade de liderança e responsabilidade, manifestando de forma inequívoca o seu apoio à causa de “O Elvas” CAD e não regateando esforços para fazer o que estiver ao seu alcance para ajudar a melhorar a situação desportiva que o nosso clube atravessa, ainda que isso o tenha sujeitado a infundadas críticas.

Esta acção do mister LITO VIDIGAL é digna de reconhecimento pelo mérito que por si só encerra, pelo que aqui deixamos publicamente um profundo agradecimento por tudo aquilo que o mister LITO VIDIGAL tem vindo a fazer pela nossa instituição.

Nesta conformidade e na defesa intransigente da verdade, seja em que circunstâncias for, a Direcção de “O Elvas” CAD entende por bem não deixar passar em claro este tipo de (des)informação que alguns decidiram fazer passar, repondo assim a verdade dos factos e reiterando os agradecimentos pela colaboração que o mister Lito Vidigal nos tem vindo a prestar.

Elvas, 23 Novembro de 2012
A Direcção                           

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Manuel do Carmo reforça plantel azul-e-ouro




Manuel do Carmo é o novo jogador d’”O Elvas, Clube Alentejano de Desportos. O avançado, de 37 anos, estava actualmente sem clube e já começou os trabalho junto do restante plantel azul-e-ouro.
 
Manuel do Carmo iniciou carreira no Atlético de Reguengos, na época 95/96. Cumpriu depois duas épocas ao serviço do Lusitano de Évora e em 98/99 alinhou pelo Vitória de Setúbal, onde se estreou na I Divisão Nacional. Da sua carreira fazem ainda parte clubes como o Portimonense, Louletano, Barreirense, tendo regressado novamente ao Lusitano de Évora. Nas últimas quatro épocas jogou no Redondense.

O Elvas CAD ainda não resolveu a sua situação quanto ao comando técnico. Após a saida de Litos, Lito Vidigal continua a orientar a equipa, sendo que o nome de Toni Vidigal tem surgido como o futuro treinador da equipa.

Na próxima jornada do campeonato distrital de séniores da Associação de Futebol de Portalere, “O Elvas” joga fora frente ao Santo Amaro. "In http://www.radioelvas.com"

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Notícia Rádio ELVAS: "Litos" abandona "O Elvas"

"Litos" já não treina "O Elvas" Clube Alentejano de Desportos. Carlos Folgado ("Litos") iniciou os trabalhos à frente da equipa "azul-e-ouro" na passada sexta-feira, dia 16, e saiu dois dias depois.
 
A chegada de "Litos" a "O Elvas" foi avançada pela Rádio ELVAS em primeira mão, tal como a saída de Manuel Henriques.

O técnico foi convidado pela direcção contando com "o apoio de Lito Vidigal (ex-selecionador de Angola) no planeamento dos treinos", tal como o próprio refere. No entanto, no primeiro treino, Lito Vidigal "acabou por dar o treino", situação que não agradou a Carlos Folgado e levou à apresentação da sua demissão "no passado domingo, dia 18, após o jogo com o Gafetense".
O agora ex-técnico de "O Elvas" refere que a situação "não está relacionada com a presença de Lito Vidigal, mas sim com o facto de ter sido colocado de parte", deixando por "definitivo" a sua ligação ao clube.

A Rádio ELVAS sabe que há nomes a ser analisados para ocupar o cargo, entre os quais constam o de Toni Vidigal e Juanito. Estas duas possibilidades não são confirmadas por Joaquim Santos, presidente de”O Elvas”, à Rádio ELVAS.

O presidente do clube admitiu que possivelmente amanhã, quarta-feira dia 21, pode ser conhecido o nome do novo técnico da equipa sénior, que no próximo domingo joga na casa do Santo Amaro. Recorde-se que, neste momento e após as derrotas dos dois últimos fins-de-semana, "O Elvas" está a três pontos do líder, o Sporting Campomaiorense. "In Rádio Elvas"

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Treinador de Bancada

Neste difícil jogo estava posta à prova a capacidade do novo técnico Carlos Folgado. O Elvas não entrou mal no jogo pois teve uma grande oportunidade por intermédio de Lourinho, que não aproveitou, mas cedo o Gafetense se apercebeu que o Elvas não tinha meio campo e iniciou o domínio do mesmo através de Cristiano e Nelson que faziam as transições ofensivas em conjunto com  Rixa e o autor do golo Leitão que foi sempre um quebra cabeças para a defensiva elvense. Os laterais algo frágeis permitiram que o melhor jogador do Elvas neste jogo, Luís Coelho fizesse algum perigo nos flancos, no entanto, não foi aproveitada a sua velocidade. Nunca se viu qualquer correção durante o jogo por parte do técnico elvense, enquanto o técnico adversário que estava na bancada, a maior distância dos jogadores passou grande parte do tempo a fazer correções para dentro de campo, isto por si só, diz tudo. Na segunda parte O Elvas a perder, entrou em campo desesperado e a fazer jogo direto, sem discernimento, a bola passava da defesa diretamente para o ataque e noventa por cento das vezes o bloco defensivo de Gáfete resolvia o assunto principalmente, Kolata e Delvany e o guarda-redes Bruno Costa. O Elvas jogou quarenta e cinco minutos com Largueiras lesionado, aliás o jogador ainda não está recuperado do problema que tem no joelho e não se entende, por que razão joga com a possibilidade de se agravar uma lesão que sendo no joelho pode vir a ser grave. Também o Roberto não está nas melhores condições físicas e o Mañas continua lesionado. Aqui temos o mesmo erro do ano passado, um só ponta de lança e quando se lesiona não há quem possa fazer esse lugar. O Elvas fez todo o jogo sem um nº10, sem um nº9 e sem um nº6 e sem treinador, porque este senhor que estava no banco, ficou completamente bloqueado, não desempenhou essa função, talvez porque tinha a seu cargo toda a responsabilidade e era a primeira vez que dirigia a equipa. Mesmo depois do futebol mal jogado, do individualismo, do desentendimento coletivo, mesmo assim, ainda tiveram no final uma ocasião por fífia defensiva do Gafetense que poderia ter dado o empate, embora o Gafetense tenha tido quase sempre o domínio do jogo e o meio campo foi sempre explorado, em trocas de bola e passes de rutura aproveitando o adiantamento da defensiva do Elvas.

O Elvas se quiser vencer este campeonato, porque as 4 ou 5 equipas são equivalentes, só tem uma coisa a fazer, é adquirir três ou quatro jogadores, para meio campo e linha avançada e um “treinador” experiente, porque agora, ainda está a tempo de o fazer. Na realidade com este técnico e com o plantel tão reduzido será praticamente impossível.

domingo, 18 de novembro de 2012

"O Elvas" perde com o Gafetense por 0 - 1







Jogou-se na tarde deste domingo a 7ª jornada do campeonato distrital de Portalegre, "O Elvas" recebeu a equipa do Gafetense e perdeu por 1 bola a 0, num jogo que marcava a estreia de Litos como treinador principal da equipa azul e oiro. "O Elvas" apresentou-se muito desfalcado devido as ausências de Luís Carapinha e Rogério Chinita (castigados) e Mañas que continua lesionado, também André Largueiras jogou condicionado durante 45 minutos.



"O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rui Santos, Filipe Branco, Cordeiro, André Largueiras, João Carapinha, Carlos Xavier, Canoa, Luís Coelho e Lourinho.


Ainda jogaram: Filipe Santos e Roberto Paredes


sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Notícia Rádio ELVAS: "Litos" é o novo treinador d' "O Elvas"

 

Carlos Folgado ("Litos") é o novo treinador d' "O Elvas" Clube Alentejano de Desportos, segundo a rádio ELVA conseguiu apurar. Litos ocupava o cargo de treinador adjunto, na equipa técnica de Manuel Henriques. O ex-treinador, no passado dia 13, apresentou a demissão do cargo, alegando motivos pessoais mas também desportivos, nomeadamente a nivel interno do próprio clube.




 


Adelino Pereira mantém-se como técnico adjunto. "O Elvas" CAD ocupa actualmente a primeira posição do campeonato distrital de seniores da Associação de Futebol de Portalegre, em igualdade de pontuação com as equipas do FC Crato e SC Campomaiorense. 

A equipa "azul-e-ouro" recebe o Gafetense, no próximo domingo, dia 18, às 15 horas, na sétima jornada do campeonato, no Campo Patalino do Estádio Municpal, em encontro para acompanhar em direto aqui na Rádio ELVAS. "In Rádio Elvas"

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

"O Elvas" vs GDR Gafetense



"O Elvas" recebe no próximo domingo dia 18 de Novembro pelas 15 horas a equipa do Gafetense, jogo este a contar para a 7ª jornada do Campeonato Distrital de Portalegre. "O Elvas" que vem de uma derrota na jornada anterior em casa do Mosteirense (1 - 0) irá ter um duro teste, depois de uma semana algo atribulada que a equipa viveu, pois viu o seu treinador bater com a porta. Já o Gafetense  situa-se na  7ª posição com 7 pontos (menos 8 que "O Elvas") e veio de um empate caseiro frente a equipa do Santo Amaro. Na última vez que a equipa do Gafetense visitou Elvas, foi esmagada pela aquipa azul e oiro,  perdendo por esclarecedores 7 - 0, com golos na altura de Glaedson (2), João Paulo (2), Carranca (1), Lourinho (2) e Rogério Chinita (1). Destes jogadores só Lourinho estará em campo no próximo domingo. 


Será um jogo muito complicado para a equipa azul e oiro, pois como já referi teve uma semana complicada, com a saída Manuel Henriques a equipa ficou sem treinador principal, ficando os treinos a cargo da equipa de adjuntos, que se manteve após a saída de Manuel Henriques. No entanto a saída do treinador não serve de desculpa e a equipa terá de demonstrar dentro de campo todo o seu valor e alcançar a vitória.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Manuel Henriques deixa o comando técnico de "O Elvas"



Segundo consta no site oficial do clube, Manuel Henriques deixou o comando técnico da equipa azul e oiro a seu pedido. De lembrar que o agora ex-técnico azul e oiro começou a treinar a equipa na época passada na 3ª divisão.  Aguarda-se agora por novidades de quem será o novo técnico azul e oiro, que segundo o site oficial deverá ser conhecido durante a semana.

Ouvir aqui as declarações de Manuel Henriques à Rádio ELVAS

Está instalada a polémica no "O Elvas" em delcarações a rádio Elvas Manuel Henriques diz que para além da decisão de sair por questões pessoais também saiu por motivos desportivos, nomeadamente a nível interno no próprio clube. 

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Treinador de Bancada

O Elvas começou bem o jogo nos primeiros minutos, Lourinho atira uma bola à trave e durante toda a primeira parte, o Elvas não aproveitou algumas oportunidades para marcar, embora permitisse que o Mosteirense também as tivesse, graças á falta de pressing no meio campo adversário e também que o Mosteirense tivesse posse de bola e neste campo de reduzidas dimensões era de facto perigoso o domínio do jogo por parte do adversário, porque qualquer cruzamento para a nossa área transformava-se sempre em jogadas de perigo eminente. Na segunda parte o senhor do apito chamado Carlos Alexandre decide ser o protagonista do jogo, com 14 cartões amarelos e 3 cartões vermelhos, que influenciaram fortemente o resultado final e a impossibilidade de o Elvas na segunda parte disputar o jogo com 11 atletas. Até que chegou ao ponto em que tinha apenas 9 nove jogadores em campo. Esta contrariedade provocada pelo árbitro, mais a do campo pelado de reduzidas dimensões foram o suficiente para anular por completo a equipa do Elvas nesta segunda parte. No entanto, para ajudar a todas estas contrariedades a equipa técnica elvense, mais uma vez não soube jogar em campos pelados e reduzidos e a tática utilizada foi o jogo direto, como se tivesse jogadores muito altos na linha avançada. O resultado disto foi que para além de perder 3 pontos, perde dois jogadores e um deles o organizador de jogo o Luís Carapinha, juntando a isso as lesões do Mañas e do Roberto e o plantel cada vez mais reduzido. Não compreendi a substituição de Largueiras por Bruno Carapinha que é defesa, numa fase em que precisávamos de ganhar o jogo, ou será que o Largueiras ainda não recuperou da lesão do início da época?

        Não se espera um jogo fácil no próximo domingo com o Gafetense, com lesões, castigos, e com a inabilidade técnico/tática de Manuel Henriques, embora o próprio Gafetense também já perdeu alguns pontos que não deveria perder, como por exemplo com o Portus Alácer, de qualquer forma o jogo poderá ser equilibrado, no entanto, com o Elvas desfalcado de Luís Carapinha, será uma orquestra sem maestro e isso, poderá ter algum peso no resultado final.

domingo, 11 de novembro de 2012

"O Elvas" perde com o Mosteirense


Em jogo a contar para a 6ª jornada do campeonato distrital de seniores, "O Elvas" perdeu os primeiros pontos deste campeonato ao perder em casa da equipa do Mosteirense por 1 bola a 0.  "O Elvas" continua assim líder deste Campeonato Distrital de Portalegre mas agora empatado com as equipas do Campomaiorense e do Crato sendo que a equipa do Crato por diferença de golos está em 1º primeiro lugar e o "O Elvas" em 2º, para a próxima semana "O Elvas" recebe a equipa do Gafetense.

Destaque para as expulsões de Lúis Carapinha e de Rogério Chinita por acumulação de amarelos.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rui Santos, Filipe Branco,Rogério Chinita, André Largueiras, João Carapinha, Luís Carapinha, Lourinho, Luís Coelho e Canoa;

Substituições: saiu Luís Coelho (68 minutos) para a entrada de Roberto Paredes; saiu Canoa (78 minutos) para a entrada de Carlos Xavier; saiu André Largueiras (88 minutos) para a entrada de Bruno Carapinha;

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

"O Elvas" vs Mosteirense



Joga-se no próximo domingo a 6ª Jornada do Campeonato Distrital de Portalegre, "O Elvas" desloca-se até ao reduto do Mosteirense. Espera-se um jogo muito complicado para a equipa de "O Elvas" pois num passado não muito distante "O Elvas" na deslocação que fez até Mosteiros para defrontar a equipa local, perdeu por 4 - 3, que valeu a eliminação da Taça da Associação de Portalegre. Por isso os índices de concentração e o empenho têm de estar ao máximo pois só assim se conseguirá a vitória que interessa para os azuis e oiro.


segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Treinador de Bancada


O Elvas iniciou este jogo com algumas alterações no onze habitual. Passou Chinita para defesa esquerdo por ausência do João Cordeiro (castigado) e utilizou Filipe Branco a central fazendo dupla com o Rui Santos, no ataque o técnico Manuel Henriques utilizou André Canoa em vez de Luís Coelho.






       

 Na primeira parte verificou-se um maior caudal ofensivo do Elvas, embora atacando com processos de construção de jogo, que nem sempre foram os mais adequados para derrotar este adversário. No entanto, foi suficiente para criar diversas oportunidades de golo. Golos que apareceram por duas vezes e de belo efeito, mais uma vez por Luís Carapinha, um golo de grande execução técnica, é de facto um jogador de outro campeonato. E o outro, um pontapé forte de Canoa a vinte cinco metro da baliza de Teixeira que nada pode fazer. Mas entre estes dois golos surgiu um caso caricato, um cruzamento para aérea do Elvas e o guarda-redes João Cristo precipitou-se e socou no rostro do adversário em vez de o fazer no esférico, provocando assim uma grande penalidade. Um golo que felizmente não foi penalizador para o Elvas no resultado final.

        Ainda na primeira parte o Elvas tinha o domínio do jogo e o Fronteirense não fazia pressão alta, deixando um pouco em liberdade os nossos jogadores criativos, de qualquer forma o Elvas não aproveitou e mastigava muito o jogo, as transições eram lentas e não surgiam os passes de rutura. Quanto às jogadas de estratégia continuamos muito mal, principalmente os cantos e livres, também é verdade que estávamos mal habituados porque anteriormente, tínhamos um senhor chamado Glaedson, que durante vários anos era marcador exímio das bolas paradas e agora é difícil arranjar um substituto.

        Na segunda parte o Fronteirense foi à procura do empate e incompreensivelmente o Elvas recuou bastante, mas no contra golpe poderia ter resolvido o jogo mas não foi capaz.
Mais uma vez tem que ser dito, que não existe entendimento entre os sectores, não há qualidade de passe e depois não funciona a circulação de bola, porque se tudo isso funcionasse a posse de bola era do Elvas e o adversário, sem bola não teria hipótese de atacar. Relativamente ao Fronteirense, esperava mais no capítulo ofensivo. Em relação ao Elvas não sei qual é o problema da ponta de lança (Mañas) no aspeto físico, porque parece estar a jogar lesionado. O Canoa ainda não se entende com os colegas e o Lourinho desaparece muitas vezes do jogo, facto que não é positivo, porque a equipa necessita das suas incursões rápidas e diagonais para a área contrária.


        Como conclusão, esta equipa necessita de muito trabalho, no que diz respeito à distribuição posicional dos jogadores e à criação de automatismos.

domingo, 4 de novembro de 2012

"O Elvas" vence Fronteirense por 2 - 1





Jogou-se na tarde deste domingo a 5ª jornada do Campeonato Distrital de Portalegre em que "O Elvas" recebeu e venceu a equipa do Fronteirense por 2 bolas a 1, Luís Carapinha aos 11 minutos e Canoa aos 21 fizeram os golos da vitória da equipa azul e oiro, uma vitória importante num jogo equilibrado que faz com que os comandados de Manuel Henriques continuem na liderança isolados. 

A equipa de"O Elvas" alinhou com: Cristo, Ricardinho, Rui Santos, Filipe Branco, Chinita, Largueiras, João Carapinha, Luís Carapinha, Canoa, Lourinho e Mañas. Jogaram ainda Filipe Santos e Luís Coelho.


Ouvir aqui a reportagem final do "O Elvas"-Fronteirense - fonte Rádio Elvas

sábado, 3 de novembro de 2012

"O Elvas" vs Fronteirense




"O Elvas" recebe no próximo domingo pelas 15 horas a equipa do Fronteirense, jogo este a contar para a 5ª Jornada do Campeonato Distrital de Portalegre. "O Elvas" que ocupa isolado a 1ª posição com 12 pontos recebe um dos chamados adversários directos, que se situa na 6ª posição com menos 6 pontos que "O Elvas". Depois da primeira derrota sofrida na passada 5ª feira em Mosteiros, "O Elvas" tem aqui um teste complicado pois este é daqueles jogos que tudo será decidido nos mínimos detalhes, por isso espera-se um bom jogo de futebol onde a concentração e a entrega ao jogo terá que estar em alta, pois só assim a vitória será conseguida. 

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

"O Elvas" Eliminado da Taça








Em jogo a contar para a taça da Associação de Futebol de Portalegre "O Elvas" deslocou-se até Mosteiros onde viria a perder por 4 bolas a 3. Os golos de "O Elvas" foram marcados por: Luís Carapinha aos 10 minutos através de uma grande penalidade, Lourinho aos 71 minutos e João Carapinha aos 83 minutos fizeram os golos da equipa azul e oiro que pela primeira vez esta época sentiu o sabor da derrota. Ao fim da primeira parte o resultado era de 3 bolas a 1 para a equipa da casa, destaque ainda para a expulsão de João Cordeiro que foi expulso na segunda parte. 

domingo, 28 de outubro de 2012

Treinador de Bancada


Por vezes acontecem grandes resultados, mas com fracas exibições e foi o caso deste jogo em que o Elvas aproveitou a fragilidade do adversário para  o golear. No entanto, continua sem padrão de jogo e com excesso de individualismo. A equipa não joga no coletivo, não circula a bola e a maioria dos jogadores enveredam pelo drible. Ainda não é possível fazer uma avaliação séria do real valor desta equipa e isso só poderá acontecer após ter defrontado adversários como o Fronteirense, o Campomaiorense, o Gafetense, o Crato e o Santo Amaro.



     Neste jogo, tal como no jogo anterior, o adversário sempre muito fechado atrás com duas linhas de bloqueio e um só avançado, mas a sua resistência física foi de curta duração e o Elvas, que apesar de desfalcado e com um plantel curto, foi resolvendo de uma e de outra forma, mas na maioria das vezes, através da versatilidade do criativo Luís Carapinha quase sempre em jogadas individuais, porque em conjunto nada funciona no meio campo elvense. Em dois meses de treino semanal, não existem automatismos, não existem jogadas estudadas, não existem jogadas de estratégia ensaiadas e nas transições ofensivas há muita falta de qualidade de passe. Não queremos fazer uma análise precoce do valor do Luís Marques, mas das poucas intervenções a que foi sujeito, teve dois erros em duas saídas em falso a dois cruzamentos. Teremos que ver mais jogos dele para o avaliar corretamente.

        O Elvas teve períodos do jogo em que a bola andou muito pelo ar e fazendo jogo direto, esse não pode ser o modelo de jogo do Elvas. Deve circular a bola junto à relva e fazer passes de rutura rápidos para o Lourinho ou para o Coelho.

        Para finalizar, a questão do plantel curto pode ser um grave problema, porque com duas ou três lesões e castigos em jogadores nucleares vai originar uma situação problemática na estrutura do onze base. E por essa razão alertamos para o mercado de inverno, se de facto o clube está disposto a fazer esse esforço financeiro, para poder fazer o resto do campeonato mais aliviado.

"O Elvas" vence Portus Alacer por 5 - 0






Numa boa tarde para a prática do futebol, "O Elvas" deslocou-se até Portalegre para defrontar a equipa local, onde goleou por 5 bolas a 0, Lourinho, Carlos Xavier e Luís Carapinha "hatrick" fizeram os golos da tarde, numa partida bem disputada por parte da equipa azul e oiro. Na próxima quinta-feira dia 1 de Novembro a equipa de "O Elvas" desloca-se até a aldeia de Mosteiros para defrontar a equipa local, jogo este a contar para a taça da Associação de Futebol e Portalegre.


A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rui Santos, Rogério Chinita, João Cordeiro, André Largueiras, João Carapinha, Luís Carapinha, Luís Coelho, Lourinho e Carlo Xavier.

Ainda jogaram para a equipa de "O Elvas": Filipe Branco, Filipe Santos e Bruno Carapinha.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

"O Elvas" vs Portus Alacer









No próximo domingo, "O Elvas" desloca-se até à capital de distrito para defrontar a equipa do Portus Alacer. "O Elvas" que se encontra em segundo lugar com 9 pontos os mesmos que o FC Crato (este tem difernça de golos marcados), tem aqui a oportunidade de se isolar pois o FC Crato folga nesta jornada e uma vitória colocará "O Elvas" isolado, quanto ao Portus Alacer encontra-se na 10º lugar com 3 pontos. Espera-se um jogo fácil para a equipa azul e oiro, mas para isso a equipa terá que praticar o seu futebol e ter os índices de concentração alto, pois neste campeonato tudo pode acontecer. 

A equipa de arbitragem será composta por: Paulo Martins, João Nogueira e Renato Mendes.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Treinador de Bancada


O Elvas apresentou o sistema habitual, quatro defesas, três médios e três avançados, embora o João Carapinha seja uma adaptação que cada vez evidencia maior dificuldade na posição de médio defensivo, principalmente, nos jogos em casa. Este jogador na minha opinião deveria jogar a defesa central, lugar que demonstra ser mais seguro que os atuais companheiros do centro da defesa, sector que continua muito inseguro.




O Santa Eulália foi bloqueando as linhas de passe, fazendo pressão forte no meio campo elvense, jogando duro, por vezes à margem das leis, um pouco permitida pelo árbitro, enervando o adversário e provocando muitos passes errados nas transições que o Elvas fazia. No entanto, tudo era mal executado cruzamentos, cantos, livres, remates, isto é, as jogadas de estratégia estão muito mal trabalhadas, porque cada vez que um adversário coloca o “chamado autocarro” o Elvas não tem soluções de ataque organizado para contrapor esse argumento do adversário. Não entendi as substituições, principalmente a do Mañas, a não ser que estivesse lesionado. Na última meia hora o posicionamento dos avançados estava desordenado e não havia uma referência de um jogador de área, o jogo era direto e os últimos minutos foram de aflição, como se o adversário fosse o Crato ou o Santo Amaro.

Este jogo valeu apenas pelo golo de belo efeito, uma jogada bem elaborada pelo Luís Carapinha driblando vários adversários e rematando com o pé esquerdo para o lado oposto do guarda-redes Guilherme Branco.

A equipa do Elvas continua sem automatismos, sem padrão de jogo, com fraca circulação de bola, sem pressionar o adversário e com muitas lacunas de carater posicional.

Uma chamada de atenção à equipa técnica, porque aproximam-se os jogos com adversários de maior capacidade e a equipa terá que ser muito mais competitiva.

domingo, 21 de outubro de 2012

"O Elvas" vence Santa Eulália por 1 bola a 0






Jogou-se na tarde deste domingo a 3ª jornada do Campeonato Distrital de Portalegre, "O Elvas" recebeu e venceu a equipa do Santa Eulália por 1 bola a 0. Num jogo péssimo por parte da equipa azul e oiro, valeu o golo de Luís Carapinha, que aos 47 minutos numa jogada em que passa por 2 defesas adversários consegue finalizar da melhor maneira e fazer assim o golo da diferença, "O Elvas" arrecadou assim mais 3 pontos.  


A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Chinita, Rui Santos, João Cordeiro, Paredes, João Carapinha, Luís Carapinha, Lourinho, Luís Coelho e Mañas. Jogaram ainda Canoa e Filipe Santos. 

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

"O Elvas" vs Santa Eulália



Joga-se no próximo domingo pelas 15 horas, no Campo Municipal Patalino em Elvas a 3ª Jornada do campeonato distrital de Portalegre, "O Elvas" recebe a Associação Desportiva Juventude de Santa Eulália. Depois de uma vitória por esclarecedores 8 - 1 à Terrugem na 1ª jornada e uma vitória suada no passado fim de semana em Gavião, "O Elvas" tem pela frente uma equipa mais modesta. O Santa Eulália ocupa neste momento a 13ª posição com 0 pontos, enquanto "O Elvas" é líder com 6 pontos. 

A equipa de arbitragem será composta por Paulo Carrilho, João Tavares e Paulo Vestia, pede-se como sempre, que de todas as equipas em campo a equipa liderada pelo senhor Paulo seja a que participe menos no jogo, pois é sinal que foi um jogo sem casos.

Lista de convocados

Guarda-redes: João Cristo e Luís Marques;

Defesas: Filipe Branco, João Carapinha, Paulo Belém, Ricardinho, Rogério Chinita, Rui Santos e Bruno Carapinha;

Médios: Roberto Paredes, João Cordeiro, Carlos Xavier, Filipe Santos e Luís Carapinha;

Avançados: Carlos Lourinho, Mañas, Luís Coelho e André Canoa;


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Treinador de Bancada

O Elvas apresentou o mesmo onze do domingo anterior, com o sistema 4-3-3.
O adversário estudou muito bem o Elvas e fez uma pressão alta, vigiando sempre de perto o Luís Carapinha, assim como o Lourinho em toda a primeira parte e o Elvas nunca se encontrou. Não foi capaz de circular a bola e cometeu erros como os de fazer jogo direto, mas os defensores de Gavião intercetavam todas as jogadas. O Elvas em toda a primeira parte consentiu doze remates à baliza de Cristo, enquanto, o nosso ataque foi quase inexistente, com exceção de uma jogada de Mañas ao poste, mal interrompida pelo árbitro.


Na segunda parte com  exceção dos primeiros minutos, o Elvas foi melhorando, primeiro porque iniciou a circulação de bola e os passes de rutura e com a entrada do Canoa e do Roberto, foi melhorando a qualidade de passe e fez mais perigo na área contrária, com transições ofensivas rápidas, criando desequilíbrios e outra dinâmica de jogo. Foi nessa fase que Os Gavionenses quebraram fisicamente, quando o Elvas colocou velocidade no jogo dificultou a defensiva adversária facto que ainda não tinha feito, até que ao minuto 39 numa jogada bem elaborada pelo espanhol Mañas e finalizada artisticamente pelo Lourinho consegue o único golo do jogo. 

O Elvas necessita trabalhar mais a circulação de bola, as jogadas de estratégia, as transições e o pressing alto, para retirar domínio aos adversários e evitar que incomodem o nosso sector defensivo. Pareceu-me que fisicamente estava melhor que o Gavionenses. Quanto ao senhor árbitro golos anulados, alguns fora- de -jogo duvidosos, é mais um adversário com que o Elvas conta sempre. Em determinados campos estas situações de arbitragens habilidosas,vão-se repetir e a única forma de superar isso é ser muito superior aos seus adversários e fazer golos.

Para finalizar, foram alcançados três pontos num campo muito difícil, que provavelmente outros candidatos não os conseguirão.

domingo, 14 de outubro de 2012

"O Elvas" vence em Gavião por 1 - 0


"O Elvas" deslocou-se na tarde deste domingo ate Gavião, para defrontar a equipa local acabando pelo resultado ser de uma vitoria para "O Elvas" por 1 bola  a 0.

Numa primeira parte interessante de se acompanhar "O Elvas" entrou a dominar com alguns bons lances, no entanto os pupilos de Dinis Santana conseguiram equilibrar e em alguns momentos "encostar as cordas" os pupilos de Manuel Henriques, valeu João Cristo que por 3 ou 4 vezes conseguiu evitar o golo da equipa da casa. Ao intervalo o nulo era um resultado feliz para "O Elvas", pois o Gavião merecia estar em vantagem, quer pelas oportunidades de golo que tiveram, quer pelo futebol praticado pela equipa da casa. 

Na segunda parte os comandados de Manuel Henriques entraram mal na partida, com os Gavionenses a criarem lances de perigo para a baliza de João Cristo. No entanto com o progredir do jogo os comandados de Manuel Henriques, conseguiram dar a volta e começaram a comandar o jogo. Aos 86 minutos Lourinho faz o golo da vitória para "O Elvas", numa jogada rápida de ataque por parte da equipa azul e oiro, Mañas junto à linha final faz um cruzamento rasteiro para o coração da área onde aparece Lourinho, que com um toque de calcanhar coloca o esférico dentro da baliza dos Gavionenses. 

No geral este jogo deve ser revisto pela equipa, pois independentemente da vitória conseguida, existem alguns aspectos que a equipa deveria ver para tentarem melhorar. Destaque positivo para a estreia de André Canoa e para o regresso de Paredes. Pela negativa a lesão de André Largueiras e a má arbitragem que com vários foras de jogo mal assinalados para as 2 equipas e 1 golo e 1 penaltie por assinalar para a equipa azul e oiro.


sexta-feira, 12 de outubro de 2012

"O Elvas" vs Gavionenses




"O Elvas" desloca-se no próximo domingo ao campo do Salgueirinho em Gavião, para defrontar a equipa dos Gavionenses. Este jogo prevê-se difícil e um verdadeiro teste para os comandados de Manuel Henriques.  Depois de uma vitória por goleada frente ao Terrugem, espera-se um jogo mais equilibrado, pois como já referi esta é uma equipa do campeonato de "O Elvas" e creio que este jogo vai ser resolvido nos detalhes. Por isso espera-se que "O Elvas" entre em campo com serenidade e com concentração, pois temos equipa para sair de Gavião com os 3 pontos.


A equipa de arbitragem que vai dirigir este jogo é composta por Carlos Alexandre (árbitro principal), Nelson Quintino e João Parente (árbitros assistentes).


Lista de convocados


Guarda-redes: João Cristo e Luís Marques.

Defesas: Filipe Branco, João Carapinha, Paulo Belém, Ricardinho, Rogério Chinita e Rui Santos.

Médios: Roberto Paredes, João Cordeiro, André Largueiras, Carlos Xavier, Filipe Santos e Luís Carapinha.

Avançados: Carlos Lourinho, Mañas, Luís Coelho e André Canoa.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

André Canoa no "O Elvas"



Depois de alguma expectativa com esta "polémica" contratação, eis que as direcções de "O Elvas" e do ADL Condestável chegaram acordo e André Canoa pode assim vestir a camisola azul e oiro e ser oficializado a contratação de mais um reforço para o técnico Manuel Henriques. 

Segundo podemos apurar de fontes próximas do clube, ainda existe mais 1 jogador que poderá ser brevemente apresentado como reforço, mas mais não nos quiseram adiantar. 

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Treinador de Bancada

No primeiro jogo do campeonato o Elvas defrontou um adversário, que apenas ofereceu resistência nos primeiros 25 minutos, graças a uma pressão forte com duas linhas defensivas atrás da linha da bola, mas o Elvas com uma circulação de bola rápida e transições eficientes começou a desenhar a goleada na primeira parte do jogo, sempre pautada pelo maestro Luís Carapinha o organizador de toda a estrutura atacante da equipa elvense e seguida pela velocidade do avançado Lourinho, que foi o marcador de serviço ao obter quatro golos.




De salientar também o desempenho do jovem Luís Coelho que obteve dois golos. Ainda se verifica falta de automatismos entre os centrais, principalmente o Rui Santos, que nos parece em má forma. É muito cedo para se fazer uma análise do processo de construção de jogo e do seu sistema tático. 

No entanto, verifica-se que este ano a equipa tem jogadores que criam desequilíbrios e fazem passes de rutura, de forma a abrir defensivas que colocam o chamado “autocarro”. Entretanto, a Terrugem não deu para por à prova o sector defensivo do Elvas que me parece a zona mais frágil da equipa. 

O plantel ainda necessita de ser ampliado para garantir algum equilíbrio nos sectores.
Por aquilo que se viu, este elenco diretivo foi capaz de unir a equipa com os adeptos, esperemos que seja para continuar, pois só assim o Elvas regressará às grandes tardes de glória.

domingo, 7 de outubro de 2012

Tabela Classificativa


    Campeonato Distrtital



Posição
Equipa
P
J
V
E
D
GM
GS
1
O Elvas
3
1
1
0
0
8
1
2
Gafetense
3
1
1
0
0
6
1
3
Campomaiorense
3
1
1
0
0
4
0
4
FC Crato
3
1
1
0
0
4
0
5
Mosteirense
3
1
1
0
0
3
1
6
Gavionenses
3
1
1
0
0
2
0
7
ADL Condestável
1
1
0
1
0
1
1
8
Montargilense
1
1
0
1
0
1
1
9
Fronteirense
0
0
0
0
1
0
0
10
Portus Alacer
0
1
0
0
1
1
3
11
Santo Amaro
0
1
0
0
1
0
2
12
Esperança
0
1
0
0
1
0
4
13
Alpalhoense
0
1
0
0
1
0
4
14
Sta. Eulália
0
1
0
0
1
1
6
15
Terrugem
0
1
0
0
1
1
8