terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Presidente e jogadores em pé de guerra


"O Elvas", Clube Alentejano de Desportos, que já militou na primeira divisão nacional, está no último lugar da Série E da III Divisão e não paga salários desde Novembro. Entretanto, com a crise do "Totonegócio", o clube ficou sem poder obter a certidão de não dívida do Fisco e da Segurança Social, logo impedido de obter o subsídio mensal da autarquia de Elvas. Recorde-se que, em 2011, a CM de Elvas concedeu um subsídio de 81 mil euros. Os jogadores, entretanto, entregaram um comunicado na Rádio Elvas, basicamente mostrando-se solidários com o clube no caso do Totonegócio, mas reiterando o seu desagrado quanto à falta de pagamentos, ameaçando não entrar em campo no próximo jogo. O presidente Eurico Candeias reagiu de forma bastante violenta, acusando os jogadores de "precipitação", e que há "grupinhos que desestabilizam" e que quando apurar quem manobra o grupo diz que "vão rolar cabeças". "in Jornal O  Jogo"

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Questão:

O totonegócio não será uma desculpa para não pagar os vencimentos dos jogadores, na medida em que, se assim fosse, 90% dos clubes nacionais tinham  que fechar as portas?

Treinador de Bancada

Treinador de bancada trata-se de um espaço de crítica que é redigido pelo nosso colaborador CV que semanalmente ou quinzenalmente (depende da disponibilidade) irá fazer sobre os jogos de "O Elvas".



 A história do jogo é muito simples, na medida em que um primeiro classificado altamente moralizado, defrontou o último classificado fortemente debilitado.
 O Elvas entrou em campo com o seguinte sistema: 4-2-3-1, com os 11 titulares, e como suplentes um lesionado e os restantes jogadores oriundos dos juniores. Desta forma, é praticamente impossível somar pontos, pois para além dos problemas técnicos vieram agora, os problemas da má gestão do clube, originando precocemente um maior afundamento desportivo e financeiro, o que nos levará para a humilhação do clube em cada localidade onde o clube joga.


Em relação ao jogo, não poderia entrar pior, pois em 7 minutos, dois golos, falhas de marcação e desconcentração total, talvez seja natural, pois com tantos problemas internos, isto era lógico. Entretanto, O Elvas conseguiu fazer dois golos, graças à experiência e capacidade de dois elementos do plantel. Mas cada vez que o Oeiras carregava no acelerador fazia perigo. Ainda nesta primeira parte a equipa demonstrou falta de agressividade e desmotivação. Na segunda parte, o treinador do Oeiras, estava consciente de que os 3 pontos estavam garantidos e a sua equipa apenas se passeou no campo, esperando algumas transições rápidas e erros do adversário, para resolver definitivamente o jogo. Mas o resultado não sofreu alterações, mais pela inoperância atacante do Elvas, porque não lhe faltaram oportunidades, embora esse domínio fosse consentido pelo adversário. O resultado final acaba por ser normal, depois de uma primeira parte, que cheirava a goleada escandalosa.

  Se durante a próxima semana não se resolverem os graves problemas do clube, o jogo com o Real Massamá não tem qualquer sentido e independentemente do adversário, numa equipa que já não dispõe sequer de onze jogadores, porque, mais uma vez se verificou uma expulsão (Paulo Belém) agravando ainda mais a situação.

    Alguém comentou neste blog que a ditadura já acabou há muitos anos, então será necessário construir neste clube um pequeno “25 de Abril”, para terminar de vez com a incompetência e a prepotência.

domingo, 29 de janeiro de 2012

Aqui fica a tabela classificativa do campeonato da 3ª Divisão Série E:



Posição
Equipa
P
J
V
E
D
GM
GS
1
31
16
9
4
3
26
16
2
28
16
8 4
4
22
14
3
27
16
8 3
5
25
19
4
Casa Pia
25
16
7
4 5
24
19
5
Pêro Pinheiro
25
16
6
7
3 22
18
6
Eléctrico
24
16
6
6 4
15
    11
7
SL Cartaxo
22
16
6 4
6
21
28
8
Sacavenense
20
16
5
5
6
22
19
9
  19
16
5 4 7
19
20
10
15
16
3
6 7
18
25
11
14
16
3
5 8 23
29
12
11
16
3
2
11
18
37

"O Elvas" perde em Oeiras por 4 - 2

Jogou-se na tarde deste domingo, dia 29 de Janeiro de 2012, a 16ª jornada do campeonato nacional de 3ª divisão série E. Jogo este que punha frente a frente o Oeiras vs "O Elvas", acabou com a vitória do Oeiras por 4 - 2. 



Numa boa tarde de inverno para a pratica de futebol, os "O Elvas" apresentou-se com algumas mexidas no 11 inicial, com as saídas de Rubi e Mañas (que ao que tudo indica deixaram o clube), para a entrada de Paulo Belém e Rui Martins.




"O Elvas" não podia começar da pior maneira o jogo, pois logo aos 2 minutos por intermédio de Piki o Oeiras inaugurava o marcador, num remate cruzado à entrada da grande área, sem hipóteses para João Cristo. Quando "O Elvas" tentava responder, o Oeiras com alguma felicidade consegue chegar ao 2-0, por intermédio de Paulo Belém que fez um auto-golo, aos 8 minutos. Na resposta "O Elvas" por intermédio de Eduardo faz o golo para os azuis e oiro, aos 9 minutos, não se percebeu bem se Eduardo quis de facto rematar ou se quis cruzar, o certo e que o esférico entrou e fez assim o 2-1. A partir do golo, começou-se a ver mais "O Elvas", mas sempre com o Oeiras a criar muito perigo para a baliza de João Cristo. Perante uma defesa muito passiva, o Oeiras numa sequência de um pontapé de canto faz o 3-1, por intermédio de Lima aos 25 minutos, que apareceu à vontade no segundo poste e marcou assim o 3º golo, para a equipa dos arredores de Lisboa.
Aos 35 minutos Márcio, marca o seu 4 golo para o Oeiras. Quando já se acreditava mais em goleada por parte do Oeiras, eis que de um pontapé de canto por parte de Glaedson aparece o golo azul e oiro, crê-se que o golo foi de canto directo por parte de Glaedson, pois Rui Santos não conseguiu segurar a bola e esta acaba por entrar na baliza do Oeiras. 

Numa segunda parte sem grande história, "O Elvas" entrou melhor e criou situações de perigo para a baliza do Oeiras. Destaque para a expulsão de Paulo Belém.

No geral, para mim foi uma vitória, porque estes atletas responderam dentro de campo às acusações que Eurico Candeias fez no inicio da partida. Se estes jogadores não suaram a camisola hoje, não sei que mais será preciso para que isso aconteça. É de louvar o que estes "guerreiros" que sem receber o que lhes é de direito e sem o apoio da direcção, fizeram neste domingo um jogo em que honraram a camisola que levaram.


Oiça AQUI as declarações dos intervenientes do encontro aos microfones da Rádio Elvas.

"O Elvas": Presidente acusa jogadores de "precipitação"

Eurico Candeias, respondeu hoje ao comunicado dos jogadores do plantel sénior d’ ”O Elvas”.

O Presidente do Clube Alentejano de Desportos diz que “vão rolar cabeças” e lança um aviso aos atletas: “Não basta honrar a camisola, é necessário transpirá-la”.


Recorde-se que os atletas do clube emitiram um comunicado em que se mostraram indignados com a direcção, pelo motivo alegado para o não pagamento de metade do salário de Novembro e a totalidade do mês de Dezembro.

Eurico Candeias reafirma que tal se deve ao caso “Totonegócio” que impede o acesso ao certificado de não divida do clube às Finanças, e fala em precipitação dos jogadores. "In Rádio Elvas"

Ouvir AQUI as declarações de Eurico Candeias aos microfones da rádio Elvas.

"O Elvas": Jogadores continuam sem receber e emitem comunicado

Os jogadores e equipa técnica d´”O Elvas” Clube Alentejano de Desportos ainda não receberam os vencimentos. Esta foi uma notícia avançada, em primeira mão, pela Rádio ELVAS, esta quinta-feira, dia 26.


Em comunicado do plantel sénior do clube à redacção da Rádio Elvas, os jogadores confirmam o atraso em relação aos vencimentos, e dizem ser “de todo infundado que o plantel tenha aceitado as explicações dadas pela direcção para o ocorrido”.


Em comunicado os jogadores revelam que a “direcção apresentou como fundamento, uma ocorrência que lhe é manifestamente alheia para sustentar a falta de pagamento dos vencimentos em causa”, tendo por base “os conhecidos “Totonegócio” e “Plano Mateus””, que, segundo a direcção “impossibilita o clube de obter uma certidão das finanças em como nada deve” e consequentemente, poder continuar a receber subsídios.


Apesar de se mostrarem solidários com o clube na resolução deste problema, os jogadores mostraram em comunicado a sua indignação, uma vez que os salários em atraso são referentes aos “meses de Novembro e Dezembro”, ou seja, anteriores ao problema que a direcção apresentou, e que terá acontecido já “na segunda quinzena do mês de Janeiro”.
Os jogadores d’ “O Elvas” referem ainda que não foi apresentada uma data para o pagamento dos referidos salários, “ficando no ar que a situação não seria resolvida com celeridade”.
Ainda em comunicado o grupo apresentou-se como, “dilacerado com o que se está a passar”, havendo já atletas que deixaram de treinar porque, segundo o comunicado “chegaram a um ponto de insustentabilidade mental e financeira”, mas informam que irão aguardar “serenamente pelo desenvolvimento da situação”.


Os jogadores vão apresentar-se no jogo de amanhã, em Oeiras, para a 16ª jornada da primeira fase da Série E da III Divisão nacional, mas admitem não poder “arrastar esta situação muito mais tempo”, pelo que irão comparecer nos treinos apenas mais uma semana, uma vez que se sentem “desrespeitados por quem mais” os deveria defender, mostrando que esta é uma atitude tomada pelo grupo de trabalho que não pretende “desrespeitar o clube, seus associados e simpatizantes”, pelo que continuam a contar com o apoio dos elvenses, uma vez que os jogadores prometem continuar a “honrar esta camisola histórica”.


A Rádio ELVAS tem vindo a contactar Eurico Candeias, presidente daquela colectividade, para prestar declarações e esclarecimentos sobre esta matéria, mas aquele responsável ainda não demonstrou disponibilidade.


Se hipoteticamente, "O Elvas" desistir de disputar a actual época desportiva no Campeonato Nacional da III Divisão, a regra dita que poderá sofrer uma "suspensão de dois anos sem poder jogar com equipa sénior". No entanto, tal decisão terá sempre de ser apreciada e analisada por um conselho de disciplina da Federação Portuguesa de Futebol. Recorde-se o caso do Futebol Clube do Crato que no início deste campeonato suspendeu a sua participação e, até o momento, a Federação ainda não deliberou sobre o assunto. "In Rádio Elvas"

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Jogadores d´"O Elvas" não recebem, mas jogam domingo

"Os jogadores e equipa técnica d´”O ELVAS” Clube Alentejano de Desportos ainda não receberam os vencimentos. Esta foi uma notícia avançada, em primeira mão, pela Rádio ELVAS, ontem quinta-feira, dia 26.


Os ordenados estão em atraso há já dois meses. No entanto, de acordo com informação recolhida pela Rádio ELVAS junto do plantel sénior, os jogadores terão chegado a acordo com a direcção daquela colectividade e vão aguardar pelo “desenvolvimento da situação” de uma forma “serena”.
A Rádio ELVAS sabe também que os jogadores vão apresentar-se no jogo do próximo domingo, dia 29, em Oeiras, para a 16ª jornada da primeira fase da Série E da III Divisão nacional." "In Rádio Elvas"

Oeiras vs "O Elvas"

Realiza-se no próximo fim-de-semana a 16ª jornada do campeonato nacional da 3ª Divisão Série E. Pelas 15 horas, joga-se no estádio Municipal de Oeiras, o Associação Desportiva Oeiras vs "O Elvas".



Este jogo irá opor o frente a frente entre os extremos da tabela classificativa, o Oeiras com 28 pontos é o líder deste campeonato e o "O Elvas" com apenas 11 pontos é o último classificado. Irá ser um encontro de David contra Golias, será que este "O Elvas" irá conseguir fazer o que Golias fez na história? Só domingo poderemos saber. "O Elvas" vem de uma derrota em casa frente ao Ponte e de Sôr por 1 bola a 0 e com muitas limitações que se tem vindo a saber no recorrer de este ano 2012, mas enquanto em campo estiverem 11 contra 11 as possibilidades de existir um resultado positivo são iguias para os 2 lados.

A equipa de "O Elvas" deverá alinhar com: João Cristo, Filipe Branco, Álvaro, Bruno Vidigal, João Cordeiro, Roberto Paredes, Eduardo, Glaedson, Rubi, Djaniny e Mañas.


P.S- Como até à hora que redigi este texto, ainda não havia informações à cerca da situação dos pagamentos dos jogadores, decidi fazer o lançamento do jogo, como normalmente costumo fazer. Também peço desculpa se por algum motivo um ou outro jogador que introduzi no 11 inicial seja o tal jogador que se falou que já tinha abandonado o clube, pois como careço e muito de informações coloquei estes atletas por serem o que nos últimos tempos tem jogado pela equipa azul e oiro.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Jogadores d´"O Elvas" com ordenados em atraso

"Os jogadores do plantel sénior d´”O Elvas” Clube Alentejano de Desportos estão sem receber vencimentos há dois meses. Os ordenados de Novembro e Dezembro não foram pagos pelo clube.


“O Elvas” revela desta forma problemas de ordem financeira. O clube não pode, nesta altura, receber financiamento por alegadamente não ter a sua situação regularizada nas finanças.

De acordo com a legislação em vigor , as entidades públicas, como é o caso da câmara de Elvas, não podem efectuar pagamentos a empresas ou instituições que não tenham a sua situação regularizada perante o fisco e segurança social.
A Rádio ELVAS contactou Eurico Candeias, presidente do clube, que remeteu para mais tarde um esclarecimento sobre esta matéria. A Rádio ELVAS sabe que os elementos que constituem o plantel sénior d´”O Elvas” estão a aguardar o desenvolvimento desta situação. À Rádio ELVAS, o capitão da equipa, Filipe Branco, referiu que a equipa irá "esperar até sexta-feira, 27 de janeiro, para tomar uma posição e decisão relativamente ao atraso nos ordenados". 
Inicialmente o prazo seria hoje, quinta-feira, mas, entretanto, foi alargado.

 Até à tomada de uma decisão "consensual" nem jogadores, nem o técnico, Jorge Almeida, prestam declarações sobre o assunto." "Noticia retirada do Site Rádio Elvas"

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Treinador de Bancada

Treinador de bancada trata-se de um espaço de crítica que é redigido pelo nosso colaborador CV que semanalmente ou quinzenalmente (depende da disponibilidade) irá fazer sobre os jogos de "O Elvas".


O Elvas apresentou-se para este jogo com uma equipa bastante remendada, por diversas razões: lesões, castigos e sanções internas do clube. O sistema utilizado foi o do 4-3-3, em que os 3 jogadores do meio campo, curiosamente, fazem uma média de 35 anos (Glaedson, Eduardo e Roberto), o que é muito, se pensarmos no pressing e na recuperação de bola nesse sector e foi precisamente aí que o Elétrico obteve o domínio do jogo, e surgiram as diversas oportunidades de golo. 

Assim O Elvas sem bola não teve praticamente a oportunidade de incomodar o adversário, com apenas duas ou três exceções. No que diz respeito à qualidade de passe é impressionante a altíssima percentagem de passes errados, tanto no passe curto como nos passes de rutura e isso, só tem uma interpretação, a falta de treino da circulação de bola e distribuição de jogo. A equipa entra em campo de forma individual, cada um joga o que sabe (individualismo). Muitos adeptos dão a culpa aos espanhóis, aos brasileiros e aos cabo-verdianos do plantel, mas estão equivocados, porque todos esses jogadores já deram provas de que têm capacidade para esta modesta 3ª divisão nacional e nós sabemos que o problema é simplesmente estrutural.

 Todos os treinadores adversários, transmitem para dentro do campo as suas orientações e ensinamentos, o que não se verifica no Elvas. Não há entrosamento entre os jogadores, não há automatismos, e quando assim é, o melhor é fazer uma mudança técnica (solução utilizada por todos os clubes que encontram problemas de liderança).

Não conhecemos os problemas internos entre jogadores/treinador/Direção, mas se esse trinómio não funciona, o clube anda à deriva e se os sócios se resignam muito mais grave é a situação. Só esperamos que tudo se resolva e que o resultado final não seja o mesmo dos nossos vizinhos da capital de Distrito.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Questão

Acha que Jorge Almeida, tem condições para continuar à frente de "O Elvas"?

Classificação

Aqui fica a tabela classificativa do campeonato da 3ª Divisão Série E:



Posição
Equipa
P
J
V
E
D
GM
GS
1
28
15
8
4
3
22
14
2
27
15
8
3
4
21
13
3
26
15
8
2
5
24
18
4
24
15
6
6 3
19
15
5
Casa Pia
22
15
6
4
5
14
9
6
Pêro Pinheiro
22
15
5
7 3
21
    18
7
Sacavenense
20
15
5 5
5
22
18
8
19
15
5
4
6
20
28
9
  18
15
5 3 7
18
19
10
15
15
3
6
6
18
24
11
13
15
3
4
8 22
28
12
11
15
3
2
10
16
33