terça-feira, 31 de dezembro de 2013

"O Elvas" com quatro reforços na quinta, dia 2

O próximo treino de "O Elvas", às 19 horas da próxima quinta-feira dia 2, já vai ter a presença dos quatro reforços dos "azuis-e-ouro".
 
De acordo com uma fonte ligada à direção do Clube Alentejano de Desportos, o treinador Jorge Vicente vai poder contar com um central, um lateral esquerdo e dois avançados.

No próximo fim-de-semana, não há campeonato nacional de seniores. A prova regressa a 12 de janeiro e, nessa jornada 16, "O Elvas" recebe o Casa Pia.

A três rondas do final da primeira fase, a equipa elvense é penúltima com dez pontos. IN:"http://www.radioelvas.com/"

domingo, 29 de dezembro de 2013

"O Elvas" perde com o SC Praiense por 2 - 0


A equipa de "O Elvas" deslocou-se na tarde deste domingo até à Ilha Terceira nos Açores para defrontar a equipa do SC Praiense em jogo a contar para 15ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores acabando com o resultado a ser uma vitória da equipa Açoriana por 2 bolas a 0.

Mais uma jornada mais uma derrota da equipa azul e oiro que continua assim sem vencer.

Na próxima jornada dia 12 de Janeiro o conjunto azul e oiro recebe a equipa do Casa Pia.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rui Santos, Rosinha, Chinita, Largueiras, Galacho, Luís Carapinha, Lourinho, Canoa e Mañas.

Ainda jogaram: Rafael Santos, João Carapinha e Luís Coelho.


sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

João Cordeiro e Carlos Vaz também abandonam











Não é oficial mas segundo alguns rumores que circulam por Elvas Carlos Vaz e João Cordeiro já não são jogadores de "O Elvas". 

Carlos Vaz chegou no ínicio desta temporada mas nunca foi opção regular tanto de Emanuel Baleizão como de Jorge Vicente, já João Cordeiro era o titular indiscútivel na defesa azul e oiro.

Estas 2 saídas juntam-se às saídas de René, Aricson, Marcial, Jorginho e Camilo, fazendo um total de 7 saídas até ao momento do plantel azul e oiro.

Continua assim a onda de abandonos no clube azul e oiro que agora sem contar com os júniores Tiago Espírito Santo e Luís Dias tem apenas um plantel de 18 jogadores.

Aguardamos por um comunicado do clube a confirmar ou desmentir tal noticia.

SC Praiense vs "O ElvaS"


A equipa de "O Elvas" desloca-se no próximo domingo até ao Arquipélago dos Açores para defrontar a equipa do Praiense em jogo a contar para a 15ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.

Este é um jogo muito importante para a equipa azul e oiro, pois joga contra um adversário directo na luta pela manutenção, sendo que não pode facilitar.

Já é conhecido o juiz que irá dirigir a partida no próximo domingo, será o senhor Leonel Manuel Santos Marques que pertence à Associação de Futebol de Aveiro.

Lista de Convocados:

Guarda-Redes: Luís Marques e Rafael Santos;

Defesas: Ricardinho, Rui Santos, Rosinha, Chinita e João Carapinha;

Médios: Largueiras, Galacho, Espanhol, Luís Dias e Luís Carapinha;

Avançados: Canoa, Ricardo Fernandes, Lourinho, Carlos Xavier, Luís Coelho e Mañas.


domingo, 22 de dezembro de 2013

"O Elvas" perde com o Operário por 4 - 0




"O Elvas" recebeu na tarde deste domingo a equipa do Operário, em jogo a contar para a 14ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores, acabando com a vitória a ser alcançada pela equipa açoriana por 4 bolas a 0.

"O Elvas" com este resultado mantém-se na 9ª posição com os mesmos pontos que o Sporting Ideal.

Para a semana o conjunto azul e oiro desloca-se até aos Açores para defrontar a equipa do Praiense.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rui Santos, Rosinha, Chinita, Largueiras, Galacho, Luís Carapinha, Luís Coelho, Canoa e Mañas. 

Ainda jogaram: Lourinho, Carlos Vaz e Espanhol.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Favita de saída do Elvas



Segundo o site zerozero.pt Favita abandonou o clube azul e oiro rumando ao Perolivense.

Favita chegou ao clube azul e oiro no início desta temporada mas nunca se conseguiu impor.

Jorge Vicente continua assim a remodelar o plantél azul e oiro que já viu sair René, Jorginho, Aricson, Marcial, Camilo e agora Favita.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

"O Elvas" vs Operário


A equipa de "O Elvas" recebe no próximo domingo pelas 15 horas, a equipa do Operário em jogo a contar para 14ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.

"O Elvas" ao ser derrotado no domingo passado, caiu para a zona de despromoção, vê-se obrigado a amealhar pontos num jogo muito complicado frente a uma das melhores equipas da série G deste campeonato nacional.

A equipa precisa de todo o apoio possível dos seus associados e adeptos, por isso pede-se a todos os amigos do Elvas que se desloquem no próximo domingo até ao estádio Municipal Patalino e assistam à última partida da equipa azul e oiro em casa deste ano 2013. 

Já é conhecido o juiz que irá dirigir a partida do próximo domingo, será o senhor Luís Miguel Branco Godinho que pertence à Associação de Futebol de Évora, sendo o observador o senhor Joaquim André Calado.

Lista de Convocados:

Guarda-Redes: Luís Marques e Rafael Santos;

Defesas: Ricardinho, Rui Santos, Rosinha, Chinita e João Cordeiro;

Médios: André Largueiras, Galacho, João Carapinha, Espanhol e Luís Carapinha;

Avançados: Canoa, Luís Coelho, Carlos Vaz, Carlos Xavier, Lourinho e Mañas.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

"O Elvas" CAD chegou a acordo com Rafael Caetano


"O Elvas" CAD chegou a acordo com o guarda-redes brasileiro Rafael dos Santos Caetano. O jogador representava SU Perolivense (AF Évora).


Rafael Caetano tem 19 anos e enquanto juvenil jogou no Botafogo FR (Brasil) e América FC. Representou também a Seleção brasileira de Sub 14, Sub 15 e Sub 16.



Se o técnico Jorge Vicente assim o entender, já poderá contar com o atleta no próximo domingo frente ao C.Operário Desp. 

IN:"http://www.oelvascad.pt/"

Análise do Jogo "O Elvas" vs Sintrense


Foi o primeiro jogo de Jorge Vicente perante os adeptos do Elvas e podemos dizer que as pessoas ficaram satisfeitas com a atitude da equipa em campo, mas com alguma tristeza pela derrota obtida, penso que injusta, pelo trabalho realizado, quer pelo treinador, quer pelos jogadores e só lamentamos dois aspetos, a incapacidade na finalização e a arbitragem habilidosa, que foi mais uma vez prejudicial ao clube alentejano. Na primeira parte o Sintrense entrou bem no jogo com uma boa circulação de bola e uma pressão alta não permitindo a saída do Elvas para o ataque, mas passados 15 minutos o Elvas começou a ter mais posse de bola e a fazer boas transições defesa/ataque, pecando apenas no último passe.

A grande penalidade não convertida por Luís Carapinha e a bola ao poste por Canoa, foram a chave deste jogo, porque o destino do jogo seria certamente outro se estas duas soberanas ocasiões fossem convertidas. E quase toda a primeira parte pertenceu ao Elvas com uma grande dinâmica de jogo e enorme recuperação de bola, principalmente por Galaxo e Largueiras e até os próprios avançados tiveram uma função árdua defensiva, para não deixar jogar a equipa de Sintra. 

A equipa funcionou como um bloco compacto cortando as linhas de passe do adversário, mas faltou-lhe os passes de rutura que lhe permitisse abrir a defensiva da equipa de Tuck, que se apresentou em Elvas muito bem organizada defensivamente e rápida nas transições aproveitando a velocidade principalmente de Yoruba. 

O Elvas continua a demonstrar grandes problemas no setor defensivo, em que a falta de velocidade é enorme, mas é uma característica que não tem a ver com o treino físico, mas sim com as qualidades dos jogadores e quanto a isto, só poderemos dizer, é necessário contratar alguém com velocidade que dê segurança defensiva. Também no setor atacante é necessário um finalizador e sem esquecer que ninguém no plantel tem capacidade para substituir o Aricson.

Quanto ao guarda-redes, o Luís Marques na segunda parte fez uma grande exibição e só precisa trabalhar mais o jogo aéreo. Nesta segunda parte, já se jogou mais com o coração do que com a cabeça e por vezes nota-se a falta de capacidade de alguns jogadores para estas andanças.

Como até Janeiro só faltam dois jogos, depois com algumas aquisições, poderá a equipa ficar mais equilibrada, tanto a defender como no processo de construção de jogo, o que dependerá também da qualidade dos atletas que possam ingressar no clube para se poder enfrentar a segunda fase de uma outra forma.


domingo, 15 de dezembro de 2013

"O Elvas" perde com Sintrense por 1 - 0



"O Elvas" recebeu nada tarde deste domingo a equipa do Sintrense, em jogo a contar para a 13ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores, acabando com a vitória a ser alcançada pela equipa do Sintrense por 1 bola a 0.

"O Elvas" continua assim sem vencer, apesar de a equipa comandada por Jorge Vicente mostrar algumas melhorias.

Na próxima semana a equipa de "O Elvas" recebe a equipa do Operário.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rui Santos, Rosinha, João Cordeiro, André Largueiras, Galacho, Luís Carapinha, Lourinho, Canoa e Mañas.

Ainda jogaram: Luís Coelho, Espanhol e Carlos Vaz.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Leandro (“O Elvas”) operado à face, com sucesso


O médio Leandro (ao lado, na foto), de “O Elvas”, foi operado à face, ontem à tarde em Lisboa, na sequência de uma lesão contraída no decurso do encontro com o Oriental, em casa, no passado dia 1. 
 
A intervenção, da área maxilofacial, teve em vista repor o malar na posição correta, uma vez que o osso tinha ficado deslocado pelo embate do futebolista com um adversário.

A operação decorreu no Hospital dos Lusíadas e o tempo de inatividade do jogador não deve ser inferior a três meses, sendo pouco provável que Leandro possa ser utilizado na equipa de Jorge Vicente ainda esta época.


Ontem também foi dia de intervenção cirúrgica para um outro futebolista dos “azuis-e-ouro”: José Belém, defesa da equipa de juvenis, que está no campeonato nacional, teve uma operação ao menisco, ontem quinta-feira dia 12, no Hospital de Portalegre.


O jovem contraiu uma lesão no menisco externo do joelho esquerdo, no jogo com o Elétrico de Ponte de Sor, no passado domingo dia 8, e a sua temporada futebolística deve ter sido concluída prematuramente. in:http://www.radioelvas.com"

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

"O Elvas" vs Sintrense




A equipa de "O Elvas" recebe no próximo domingo pelas 15 horas a equipa do Sintrense, em jogo a contar para a 13ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.

Depois de na semana passada a equipa ter perdido, veremos a estreia de Jorge Vicente em casa no comando da equipa, pois é a vez de agora o comandante azul e oiro se apresentar frente aos sócios e aos adeptos de "O Elvas", fazendo frente à equipa do Sintrense que procurará vingar a derrota sofrida em sua casa na 1ª volta.

O jogo será dificílimo para a equipa azul e oiro, porque necessita amealhar pontos para assegurar ao máximo a manutenção. Para este encontro a equipa já não contará com Jorginho, Marcial e André Camilo, pois abandonaram o clube durante a semana.

Já é conhecido o juiz que irá dirigir o encontro no próximo domingo, será o senhor Gonçalo Luís Quintino Quintano Mendes que pertence à Associação de Futebol de Évora, sendo o observador o senhor Manuel Armando Marques Pinho.


Lista de Convocados:

Guarda-Redes: Luís Marques e Favita;

Defesas: Ricardinho, Rui Santos, Rosinha, Chinita e Cordeiro;

Médios: Largueiras, Galacho, João Carapinha, Luís Carapinha e Espanhol;

Avançados: Canoa, Carlos Xavier, Lourinho, Luís Coelho, Carlos Vaz, Tiago Espirito Santo e Mañas.



terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Marcial e André Camilo também de saída de "O Elvas"





















Segundo o site zerozero.pt e também por aqui comentado Marcial e André Camilo também abandonaram o clube. Desconhece-se os motivos desta saída mas tudo leva a querer que seja por decisão de Jorge Vicente.

Tanto Marcial como Camilo chegaram pela mão do antigo técnico Emanuel Baleizão mas pouca utilização tiveram.

Marcial começou a época como titular da equipa mas uma lesão afastou-o e nunca mais voltou a vestir a camisola azul e oiro, já André Camilo foi suplente utilizado no jogo da Taça de Portugal e na partida em que "O Elvas" foi goleado pelo Sporting Ideal.

Jorginho de saída



Informam-se os associados e adeptos do Clube que o atleta Jorge Miguel Ferreira dos Santos "Jorginho", deixou de fazer parte do plantel sénior do Clube Alentejano de Desportos.

Jorginho comunicou a sua decisão à direção do Clube, alegando motivos pessoais, os quais o impossilitam de continuar a dar o seu contributo.

Agradecemos todo o empenho, dedicação e profissionalismo com que desempenhou a sua função ao serviço do nosso Clube. 

IN:"http://www.oelvascad.pt/"

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Análise do Jogo Futebol Benfica vs "O Elvas"

 

Com a mudança de treinador o Elvas apresentou o mesmo sistema 4-3-3 mas com Canoa no lugar que era habitual ser ocupado por Jorginho, agora com o técnico Jorge Vicente, a equipa surge no campo do Futebol Benfica com um bloco alto pressionando o adversário, recuperando muitas bolas e fazendo transições rápidas, e uma boa circulação de bola que é apanágio deste treinador, mas não esquecendo que este adversário tem um bom conjunto de jogadores e não se compreende a sua situação no final da tabela classificativa.

 O Elvas estava a fazer uma marcação certinha aos perigosos avançados lisboetas, mas no minuto 7 o veloz atacante Alcides escapou-se à marcação e obteve o primeiro golo do Futebol Benfica, talvez contra a corrente do jogo, porque até ao momento havia equilíbrio na partida e não se justificava qualquer das equipas estar na frente do marcador. O Elvas sem receio partiu em busca do empate e no minuto 14 foi-lhe invalidado um golo a Lourinho, numa jogada de transição rápida. Entretanto, tinha o domínio do jogo e obrigava o adversário a baixar o bloco defensivo, até que numa grande jogada de Mañas para Canoa, este remata para uma grande defesa de Nuno Diogo, uma enorme ocasião desperdiçada pelo Elvas. No minuto 29 Lourinho faz uma arrancada para dentro da área e obtém uma grande penalidade indiscutível convertida superiormente por Luís Carapinha conseguindo o empate que já era merecido, devido ao caudal ofensivo alentejano até ao momento. A equipa continuou a fazer uma boa pressão sobre o adversário e a partir para transições rápidas com algum perigo, embora o Futebol Benfica de vez em quando também o fizesse, mas sem incomodar Luís Marques.

        Na segunda parte o Elvas volta à carga e no minuto 10 novamente o perdulário André Canoa atira ao poste e depois Mañas incompreensivelmente perde a maior ocasião do jogo, lançando o esférico para fora com a baliza à sua mercê. O futebol Benfica manifestava alguma intranquilidade e o Elvas tinha o domínio aparente do jogo e a tendência seria mais para um segundo golo do Elvas, do que o contrário. Contrariamente a outros jogos a equipa elvense estava confiante, atrevida, solta, perigosa nas transições, coesa defensivamente e sobre tudo tinha frescura mental e física, algo importante, que há muito não lhe víamos, mas surgiu uma outra contrariedade, um erro grosseiro de arbitragem, uma grande penalidade, (convertida pelo construtor de jogo Diogo Calheiros) que me pareceu criada pelo senhor Bruno Vieira e que foi decisiva no resultado final deste jogo. Ainda houve tempo para Luís Marques defender uma outra grande penalidade, essa sim bem assinalada. Quanto ao resultado final creio que é injusto devido ao grande trabalho que o Elvas realizou, quer defensivamente, quer ofensivamente, com o aspeto negativo da inoperância na finalização.


        A conclusão que se tira é que o Elvas quando tiver mais tempo de trabalho com Jorge Vicente, vai certamente ter melhores resultados, embora necessite de 2 ou 3 reforços, principalmente um bom finalizador. Para além disso, o timing da mudança foi o mais certo para encetar a recuperação e poder encarar a 2ª fase do campeonato com mais tranquilidade com vista à manutenção.

domingo, 8 de dezembro de 2013

"O Elvas" perde com o Futebol Benfica por 2 - 1



"O Elvas" deslocou-se na tarde deste domingo até Lisboa para defrontar a equipa do Futebol Benfica, em jogo a contar para a 12ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores, acabando com a vitória do Futebol Benfica por 2 bolas a 1.

O golo da equipa azul e oiro foi marcado por Luís Carapinha de grande penalidade aos 29 minutos.

Na próxima semana a equipa de "O Elvas" recebe a equipa do Sintrense.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rui Santos, Rosinha, João Cordeiro, Largueiras, Galacho, Luís Carapinha, Lourinho, Canoa e Mañas.

Ainda jogaram: Jorginho, Luís Coelho e Carlos Vaz.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Futebol Benfica vs "O Elvas"



"O Elvas" desloca-se no próximo domingo até Lisboa para defrontar a equipa do Futebol Benfica, em jogo a contar para a 12ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.

Depois da saída de Emanuel Baleizão do comando da equipa azul e oiro a equipa apenas tem 3 treinos com o novo técnico Jorge Vicente, por isso não deverá apresentar muitas melhorias nesta partida, no entanto a equipa tem valor para fazer frente ao lanterna vermelha do campeonato.

Já é conhecido o juiz que irá dirigir a partida de domingo, será o senhor Bruno Miguel Carmo Viera que pertence à Associação de Futebol de Beja, sendo o observador o senhor Manuel António Correia.

Lista de Convocados:

Guarda-Redes: Luís Marques e Favita;

Defesas: Ricardinho, Rosinha, Rui Santos, Marcial, Chinita e Cordeiro;

Médios: Largueiras, Galacho, João Carapinha, Luís Carapinha e Espanhol;

Avançados: Canoa, Lourinho, Jorginho, Luís Coelho, Carlos Vaz e Mañas.


quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Números de Jorge Vicente, Emanuel Baleizão e “O Elvas”

A mudança de comando técnico em “O Elvas” Clube Alentejano de Desportos concretiza-se entre ontem e hoje, quarta-feira dia 4: ontem ao princípio da noite, Emanuel Baleizão despediu-se do plantel “azul-e-ouro” e João Cristo dirigiu o treino, enquanto 24 horas depois o balneário elvense vai assistir à apresentação de Jorge Vicente (na foto ao lado) que já comanda o treino seguinte.
 
Vicente regressa a Elvas com uma curiosidade inicial: na época passada estreou-se a 9 de dezembro (goleada caseira, 9-1 ao Montargilense) e esta temporada faz a estreia dia 8 do mesmo mês (em Lisboa, com o Futebol Benfica).

Há um ano, quando Jorge Vicente tomou o comando do grupo, “O Elvas” tinha oito jogos, com seis vitórias e duas derrotas (Mosteirense fora e Gafetense em casa). Seguiram-se 20 jogos para o campeonato, com 18 vitórias (15 consecutivas!) e dois empates caseiros (Campomaiorense e Crato). No final, foi campeão distrital e ganhou a Supertaça; nem a Taça da Associação lhe fugiu, pois a equipa já tinha sido eliminada da prova, quando chegou à cidade Património Mundial. 

EmanuelBaleizao
Quanto a Emanuel Baleizão (na foto ao lado direito), atravessou dois períodos de inferno e uma fase de sonho. A primeira série de maus resultados já vinha da pré-temporada (em especial pelas quatro derrotas com Moura e Castelo Branco, que já indiciavam um arranque frouxo) e os resultados dos jogos oficiais confirmaram as suspeitas: duas derrotas (1º de Dezembro e Oriental) para o campeonato, intervaladas com a eliminação da Taça de Portugal (Barreirense, em casa).

Porém, os quatro encontros seguintes, onde a equipa conquistou nove dos atuais dez pontos, deixaram o técnico a sonhar, com a chegada ao quarto lugar, após três triunfos (Futebol Benfica, Sintrense e Praiense) e uma derrota por 1-0 no campo de um candidato (Operário).

O inferno regressou e ficou até ao fim, nas cinco partidas seguintes: quatro derrotas com três goleadas (Casa Pia 7-0, Ideal 4-0, 1º de Dezembro 3-1 e Oriental 0-6), apenas um ponto conquistado (empate caseiro com Loures) e um incrível saldo de golos, com dois marcados (por Lourinho) e 21 sofridos!

Como quase sempre, no mundo do futebol, a direção de “O Elvas” decidiu pelo óbvio: rescindir com o técnico anterior e chegar a acordo com um treinador que, além da boa temporada anterior, tem experiência e apresenta resultados em campeonatos nacionais. Após as saídas de Réné e Aricson, ganha forma uma evidência: o plantel do Clube Alentejano de Desportos necessita de qualidade. 

Resta conhecer os números “azuis-e-ouro”, ou seja: a disponibilidade financeira do clube, para reforçar o grupo ao dispor de Jorge Vicente. in:"http://www.radioelvas.com"

Jorge Vicente de regresso a "O Elvas", já a partir de hoje

Jorge Vicente (ao lado, na foto) é o novo treinador de "O Elvas" CAD, depois da rescisão com Emanuel Baleizão. O novo técnico já se vai apresentar no Estádio Municipal de Elvas, hoje quarta-feira dia 4, às 19 horas, para orientar o plantel principal dos "azuis-e-ouro".
 
O novo técnico, residente em Évora e ligado profissionalmente à câmara municipal da cidade-museu, já há um ano pegou, na equipa principal de "O Elvas" com a época em andamento. Na altura, também no início de dezembro, sucedeu a Manuel Henriques, Carlos Folgado ("Litos") e Adelino Pereira, tendo levado a equipa a conquistar o campeonato distrital da AF de Portalegre e a Supertaça Comendador Rui Nabeiro.

A partir do momento em que a contestação a Emanuel Baleizão subiu de tom, nos círculos ligados ao clube da Rua dos Chilões, com o avolumar de maus resultados, o nome de Jorge Vicente foi o que sempre reuniu maior consenso entre os adeptos do Clube Alentejano de Desportos.

Na parte inicial desta temporada, Jorge Vicente treinou o Torreense, na série F do campeonato nacional de seniores. Agora, no curto prazo e de novo em Elvas, o treinador tem os quatro desafios seguintes, até ao final do ano: dia 8 Futebol Benfica (fora), dia 15 Sintrense (em casa), dia 22 Operário (em casa) e dia 29 Praiense (fora). IN:http://www.radioelvas.com/

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Emanuel Baleizão deixa comando técnico de "O Elvas" CAD





A Direção de "O Elvas" CAD, vem pela presente informar os seus associados de que prescindiu na presente data, 3 de dezembro de 2013, dos serviços técnicos que vinham sendo prestados ao Clube pelos senhores José Emanuel Alves Baleizão Janeiro e António José Catela Bragança.

Agradecemos todo o empenho, dedicação e profissionalismo com que desempenharam as suas funções ao serviço do nosso Clube.

O Presidente da Direção
Joaquim Santos

IN: "http://www.oelvascad.pt/"

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Aricson de saída de "O Elvas"



Ontem no estádio circulou que Aricson Lopes estará de saída de "O Elvas" por motivos profissionais, se esta saída se verificar é já a 2ª saída consecutiva da equipa azul e oiro perdendo-se assim mais um jogador. Que mais ainda irá acontecer a esta equipa de "O Elvas" que a cada dia que passa se aproxima do precipício?

Exigem-se medidas por parte desta direção, pois andarmos constantemente a subir de divisão para na época a sair descermos é ridículo, pois para além de se andar a gastar dinheiro sem qualquer tipo de noção esta situação faz com que os sócios virem de vez as costas ao clube e esta acabará por ter de fechar portas. 

Análise do Jogo "O Elvas" vs Oriental




Hoje dia 1º de Dezembro data histórica nacional, realizou-se no campo Domingos Patalino o encontro da 11º jornada do CNS entre dois clubes históricos, O Elvas CAD e o Clube Oriental de Lisboa, num dia muito frio, com pouco público e com uma claque de apoio ao Oriental. 

Na realidade, por estranho que pareça só existiu uma equipa em campo, o Oriental que desde o primeiro minuto imprimiu uma forte dinâmica de jogo para resolver rapidamente o jogo. E desde muito cedo se viu que a equipa do Elvas não estava presente, nem a defender nem a atacar, que por sinal raramente incomodou o guarda- redes lisboeta. 

A equipa era incapaz de construir uma jogada, era incapaz de bloquear o adversário cada vez que este imprimia velocidade nos flancos e os cruzamentos eram feitos sem marcação, havia uma desordem total. 

O treinador não transmitia qualquer indicação para dentro do campo, era um bloco de gelo sentado no banco e aliás notava-se na sua expressão impotência e incapacidade para fazer qualquer coisa. 

A equipa andou 93 minutos literalmente à deriva. Eu pergunto será esta ultrajante derrota só da responsabilidade do treinador e dos jogadores? A indignação dos poucos sócios que estiveram presentes no estádio não será suficiente para ser tomada uma decisão?

Como todos sabem, no futebol não se pode despedir uma equipa inteira e o que é mais fácil é dispensar a equipa técnica e contratar outra. No caso, concreto do Elvas contratando outro treinador, este faria então alguns ajustes, principalmente no setor defensivo e desta forma com outra atitude mental e física, certamente que a equipa teria um melhor desempenho e nesta fase do campeonato está ainda a tempo dessa recuperação e esperemos para bem do nosso clube que isto seja uma realidade.

domingo, 1 de dezembro de 2013

"O Elvas" perdeu com o Oriental por 0 - 6



"O Elvas" recebeu na tarde deste domingo a equipa do Oriental onde acabou por perder por 6 bolas a 0, em jogo a contar para 11ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.

Numa tarde de muito frio os poucos adeptos e sócios de "O Elvas" assistiram a uma péssima partida de futebol por parte da a equipa azul e oiro que mereceu assim este goleada histórica, pois semana após semana a equipa não demostra melhorias e em 5 jornadas já sofreu 21 golos.

Destaque negativo nesta partida para toda a equipa e especialmente para o treinador Emanuel Baleizão que demonstra não ter qualidade para ser treinador para estas andanças e para lesão grave que Leandro sofreu após um choque com um jogador do Oriental.

Para a próxima semana "O Elvas" desloca-se até Lisboa para defrontar o último classificado Futebol Benfica.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rui Santos, Rosinha, Chinita, Largueiras, Leandro, Luís Carapinha, Aricson, Jorginho e Lourinho.

Ainda jogaram: Mañas, João Cordeiro e Luís Coelho.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

"O Elvas" vs Oriental



"O Elvas" recebe no próximo domingo pelas 15 horas a equipa do Oriental, em jogo a contar para 11ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.

Depois de quase 1 mês sem jogar em casa a equipa comandada por Emanuel Baleizão regressa ao Municipal Patalino e jogará perante os sócios e adeptos de "O Elvas". 

Num jogo que se prevê muito complicado a equipa azul e oiro terá muito que melhorar para fazer frente a esta equipa do Oriental que na partida em Lisboa goleou os azuis e oiro por 3 bolas a 0.

Já é conhecido o juiz que irá dirigir esta partida, será o senhor André Miguel Furtado Alves Gralha que pertence à Associação de Futebol de Santarém, terá como observador o senhor Joaquim André Calado.

Lista de Convocados:

Guarda-Redes: Luís Marques e Favita;

Defesas: Ricardinho, Rui Santos, Marcial, Rosinha, João Cordeiro, Chinita e Luís Coelho;

Médios: Largueiras, Galacho, Leandro, Carapinha e Aricson;

Avançados: Jorginho, Lourinho, Canoa e Mañas.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Análise do Jogo 1º Dezembro vs "O Elvas"




O técnico Emanuel Baleizão continua a fazer alterações na equipa, mas a dinâmica de jogo e os seus processos defesa/ataque são os mesmos e desta forma não é possível resolver a situação, que requer uma transformação mental e física de toda a equipa e um trabalho de fundo para criação de automatismos a fim de formar um padrão de jogo, que permita, pelo menos o bloqueio das linhas de passe dos adversários e instaure uma boa circulação de bola na zona construção para criar desequilíbrios na defensiva contrária. No entanto, para que isto surja é necessário uma boa metodologia de treino e uma boa orientação e uma boa leitura do jogo de fora para dentro, de forma a fazer as correções necessárias durante o jogo e no intervalo, facto que me parece não existir. Embora existam limitações no plantel, mesmo assim, com uma boa orientação é possível melhorar bastante o desempenho desta equipa.

Relativamente a este jogo, devo dizer que na primeira parte o 1º de Dezembro imprimiu alguma velocidade ao jogo e depois com a rapidez de Guti, Luizinho e Rosário, fizeram tremer a frágil defensiva alentejana, obtiveram com naturalidade 3 golos e não fizeram mais porque Luís Marques esteve em bom plano e também devido à inoperância de Luizinho. Lourinho fez o golo do Elvas, e isto só demonstra que temos jogadores, mas não temos conjunto. Na segunda parte a equipa de Paulinho limitou-se a gerir o resultado e de vez em quando carregava no acelerador e fazia muito perigo. O resultado final só não é mais avultado graças à displicência dos atacantes de São Pedro de Sintra e à boa exibição de Luís Marques. A equipa elvense continua desmotivada, desorientada, sem chama, não faz pressing ao adversário, não tem posse de bola, não tem qualidade de passe, não faz transições rápidas, nem jogadas de estratégia. Eu pergunto onde está o trabalho de casa?


Neste momento com dez jornadas, já temos o Ideal a um ponto e o Praiense a dois, equipas que lutam pela manutenção, isto quer dizer, que se houver novo desaire perante o Oriental, o mais provável é entrarmos na linha de despromoção. Temos o exemplo do Sporting Ideal que mudou de técnico e tinha só três pontos já tem nove, fez uma grande recuperação, isto significa que as chicotadas psicológicas na maioria das vezes dão resultado.

domingo, 24 de novembro de 2013

"O Elvas" perde com 1º Dezembro por 3 - 1




"O Elvas" deslocou-se na tarde deste domingo até São Pedro de Sintra para defrontar a equipa do 1º Dezembro, em jogo que contava para a 10ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores, acabando com a vitória a ser alcançada pela equipa do 1º Dezembro por 3 bolas a 1.

O golo da equipa da equipa azul e oiro foi marcado por Lourinho aos 13 minutos.

Mais uma jornada mais uma derrota para a equipa azul e oiro que não consegue dar a volta a esta onda de derrotas.

Na próxima semana os azuis e oiro recebem a equipa do Oriental.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rosinha, Rogério Chinita, João Cordeiro, André Largueiras, Luís Carapinha, Leandro, Aricson, Jorginho e Lourinho.

Ainda jogaram: Tiago Espírito Santo, Mañas e Canoa.


quinta-feira, 21 de novembro de 2013

1º Dezembro vs "O Elvas"





"O Elvas" desloca-se no próximo domingo pelas 15 horas até à linha de Sintra para defrontar a equipa do 1º Dezembro, em jogo a contar para a 10ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.


No domingo passado "O Elvas" sofreu mais uma goleada no campo do até então último classificado, agora os comandados de Emanuel Baleizão deslocam-se até ao terreno de uma equipa que é liderada por um velho conhecido do "O Elvas" e que já venceu esta temporada no Campo Municipal Domingos Patalino, por isso prevê-se mais um jogo complicado para os azuis e oiro.

Já é conhecido o árbitro que irá dirigir o encontro de domingo, será o senhor André Filipe Domingues Narciso que pertence à Associação de Futebol de Setúbal e será avaliado por Filipe Miguel Gomes Guimarães.


Já é conhecida a lista de convocados para o jogo de amanhã frente à equipa do 1º Dezembro, sendo que nas novidades a convocatória de Ricardo Espírito Santo e Marcial que regressa de lesão prolongada.


Lista de convocados:

Guarda-Redes: Luís Marques e Favita;

Defesas: Ricardinho, Rosinha, Marcial, Rogério Chinita e João Cordeiro;

Médios: André Largueiras, Galacho, Leandro, Luís Carapinha e Aricson;

Avançados: Lourinho, Jorginho, Vaz, Canoa, Ricardo Santo e Mañas.


segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Análise do Jogo Sporting Ideal vs "O Elvas"







Quando a história se repete algo está mal. O Elvas tem vindo a obter nos últimos jogos fora de casa, resultados totalmente desastrosos, para não lhe chamar escandalosos, pois neste último caso nos Açores, perante uma equipa que em oito jornadas não tinha ganho um único jogo, aplicou 4 golos sem resposta a um Elvas desgovernado, desfalcado, sem rumo e desmotivado. Resta saber porquê? Por que razão esta equipa não pressiona o adversário, não tem circulação de bola, não faz transições de forma organizada e cada um joga aquilo que sabe. Não tem condição física e principalmente de algum tempo para cá tem vindo a fazer somente três treinos semanais o que é muito pouco para uma equipa num campeonato nacional. 

Neste jogo O Elvas fez os primeiros 15 minutos e os restantes ficaram a cargo do Sporting Ideal que dominou o jogo como quis, impondo o ritmo que lhe interessava enquanto o Elvas tinha sempre o seu bloco defensivo muito aberto, sem agressividade, sem pressão, sem velocidade e nunca teve consistência nem defensiva nem na zona de construção e muito menos na zona de finalização que praticamente foi inofensiva perante a equipa da Ribeira Grande. Em relação aos quatro golos sofridos, são todos muito consentidos, três pelo sector defensivo e um pelo guarda- redes Luís Marques, de qualquer forma existem em primeiro lugar enormes responsabilidades da equipa técnica em relação a estes resultados e também à falta de qualidade de alguns jogadores. Entretanto, nas substituições Lourinho entrou na segunda parte, já depois da derrota estar praticamente consumada e sabendo que o jogador esteve duas semanas sem treinar por lesão. 

Desconhecemos a não convocação de Luís Coelho, a equipa acabou por ser uma autêntica manta de retalhos. E claro, tudo isto depois do caso “René”.  E atenção, vêm aí dois jogos muito difíceis (1º de Dezembro e Oriental) se não houver alterações para melhorar o desempenho da equipa, estaremos provavelmente na presença de mais duas derrotas, o que representaria uma maior gravidade, não só na tabela classificativa mas também na instabilidade da equipa, do clube e principalmente dos associados, que começavam a ter um descredito total pela sua equipa.
 

Agora mais que nunca, a direção terá que fazer uma análise profunda da sua situação desportiva e provavelmente fazer alterações ou aquisições e tomada de decisões rápidas, antes (se possível) ou no mercado de inverno de forma a alterar esta situação negativa atual do clube, para quando chegar a segunda fase não esteja já com a corda na garganta e numa situação irrecuperável.

domingo, 17 de novembro de 2013

"O Elvas" perde com o Sporting Ideal por 4 - 0



"O Elvas" deslocou-se na tarde deste domingo até aos Açores para defrontar a equipa do Sporting Ideal acabando por sofrer uma goleada de 4 golos sem resposta. Este jogo era a contar para 9ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.

Derrota justa por parte da equipa azul e oiro que jornada após jornada não consegue demonstrar melhorias no seu futebol.

De lembrar que amanhã pelas 21 horas se realiza uma Assembleia geral do clube na sua sede.

Na próxima jornada a equipa azul e oiro desloca-se até à linha de Sintra para defrontar o 1º de Dezembro.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rosinha, Chinita, João Cordeiro, André Largueiras, Galacho, Luís Carapinha, Jorginho, Canoa e Mañas.

Ainda jogaram: Carlos Vaz, Lourinho e Camilo.


quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Sporting Ideal vs "O Elvas"



"O Elvas" desloca-e no próximo domingo dia 17 de Novembro ao arquipélago dos Açores onde irá pelas 15 horas medir forças com a equipa do Sporting Ideal.

A equipa azul e oiro vem de um empate frente ao Loures por 1 bola a 0 enquanto o Sporting Ideal vem de uma derrota por 2 - 0 frente a equipa do Sintrense.

Será um jogo que se prevê acessível para a equipa comandada por Emanuel Baleizão, no entanto a equipa terá de jogar concentrada para não ter surpresas. 

Para este jogo Rui Santos não poderá ser utilizado devido a castigo e Luís Marques deverá voltar a ser o dono da baliza azul e oiro, dado que René como é público abandonou o clube.

Convocatória Assembleia Geral


quarta-feira, 13 de novembro de 2013

René ("O Elvas") ausente há seis dias sem autorização

O guarda-redes René (ao lado, na foto), de "O Elvas" está ausente do clube "desde a última quinta-feira", dia 7, segundo declarações à Rádio ELVAS de Joaquim Santos, presidente da Direção dos "azuis-e-ouro". O jogador "não está autorizado pelo clube" para estes seis dias de ausência, segundo o mesmo dirigente, que adianta que "o jogador fica sujeito ao regulamento disciplinar do clube".
 
René, de nome próprio Charles Aurien NDiaye, tem 30 anos, um porte físico marcante (1,88 metros de altura e 80 quilos de peso) e é natural do Senegal. Até agora, nesta temporada de 2013/2014, é totalista nos nove jogos oficiais do Clube Alentejano de Desportos: oito no campeonato e um na Taça de Portugal, onde sofreu 21 golos (19 no campeonato e dois na Taça).

Denotando uma serenidade invulgar para um jogador de futebol, o guardião, nesta sua passagem por Elvas, tem alternado o bom e o mau, nas suas atuações: foram tardes negras as partidas com 1º de Dezembro e Casa Pia, enquanto teve grandes exibições nos encontros com Operário e Praiense.
Luís Marques e Favita são as outras duas opções para a baliza elvense, quando a equipa inicia hoje, quarta-feira dia 13, a preparação para o jogo do próximo domingo, nos Açores com o Sporting Ideal, para a nona jornada da Série G do campeonato nacional de seniores. in www.radioelvas.com

René de saída de "O Elvas"



Não é oficial e tão pouco 100% credível, mas segundo o site zerozero.pt o até então actual guarda-redes titular da baliza azul e oiro Chares Aurian NDiaye, mais conhecido como René abandonou o clube. Aguardaremos então por alguma explicação do clube ou para ver se foi erro de algum colaborador do zerozero.

Actualização, segundo o blog alentejo e desporto René assinou com um clube marroquino e deixa assim a equipa de "O Elvas"



segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Análise do Jogo "O Elvas" vs Loures




Depois do desaire da jornada anterior o Elvas apresentou -se perante os seus adeptos defrontando nada menos que o primeiro classificado da série G e iniciou o jogo com uma forte pressão sobre o adversário e com uma circulação de bola rápida, trocando as voltas ao técnico Luís Silva, surpreendendo o Loures na sua estratégia para este jogo. 

O Elvas foi dominando o jogo e criando uma dinâmica de ataque continuado que lhe permitisse entrar na defensiva contrária, até que no minuto 26, numa excelente jogada de ataque aparece Lourinho a fazer um golo de belo efeito. 

Entretanto o Loures foi equilibrando o jogo e fazendo algumas transições rápidas principalmente por Adilson, que era o avançado mais perigoso da equipa de Loures, embora o guarda-redes René não tivesse muito trabalho, por um lado pelo acerto da defensiva do Elvas com boa prestação de Rosinha, que jogou pela primeira vez a titular e por outro lado a incapacidade dos avançados do Loures em penetrar no bloco defensivo alentejano. 

O Elvas teve nesta primeira parte, momentos de bons passes de rutura, teve também uma qualidade de passe na zona de construção, que não tinha tido anteriormente e isso permitiu-lhe uma posse de bola importante, travando a ofensiva contrária.

Na segunda parte, surge a questão mental, o tal trauma que a equipa padece e que só o seu técnico poderá resolver, é que quando o adversário carrega no acelerador para empatar o jogo, o Elvas recua demasiado o seu bloco defensivo, permitindo assim, que o Loures funcione em ataque organizado muito próximo da nossa área, o que é sempre um perigo, porque em qualquer jogada perto da área e mesmo dentro dela pode originar situações de finalização, o que veio a acontecer com a grande penalidade muito duvidosa apontada pelo árbitro setubalense, que aliás teve uma prestação fraca prejudicando a equipa visitada, tanto no capitulo disciplinar, como no capitulo técnico, tendo por isso influenciado o resultado final do jogo. 


Em toda a segunda parte o Loures tentou vencer o jogo, mas nunca convenceu, pareceu-me uma equipa mediana, um bom conjunto, mas sem individualidades, nunca foi capaz de criar desequilíbrios, pois não apresentou argumentos de candidato a vencer este campeonato e ao mesmo tempo o Elvas se tem sabido gerir melhor a segunda parte poderia ter levado os três pontos, talvez tenha sido a equipa nos jogos em casa que menos problemas causou à defensiva elvense. 

A substituição de Carlos Vaz foi tardia e não deveria ser por Mañas mas sim por Jorginho, que estava completamente estoirado, já são 38 anos. O treinador deveria gerir melhor estes casos, este jogador é para fazer as segundas partes já com o adversário cansado e explorar a sua velocidade e nunca desgastá-lo sem êxito.

Em relação à expulsão de Rui Santos, é mais um problema para Emanuel Baleizão, agora terá que compor o centro da defesa com Rosinha e João Carapinha e no lado esquerdo notou-se muito a ausência de João Cordeiro, quer defensivamente, quer ofensivamente, é atualmente um jogador importante no onze do Elvas e parece-me que Chinita fisicamente não está bem, muito lento na recuperação de bola foi sempre um corredor aberta para o ataque adversário. 


Se a condição física estivesse bem, na segunda parte a equipa não necessitava de defender tanto atrás, por esse motivo o pressing exercido na primeira parte foi importante, mas desgastante e é por esta razão que é indispensável uma boa preparação física. 

Certamente que os técnicos responsáveis sabem melhor que nós do aspeto físico no futebol atual, mas, por que razão não é trabalhado devidamente durante a semana?  Eu duvido que o Casa Pia nos tivesse marcasse 7 golos, se tivéssemos tido esta atitude mental e física com esta dinâmica de jogo apresentada perante o Loures em especial na primeira parte.

domingo, 3 de novembro de 2013

"O Elvas" empata com o Loures



O Elvas recebeu na tarde deste domingo a equipa do Loures em jogo que contava para a 8ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores, acabando com o resultado a ser um empate a uma bola.


O golo da equipa azul e oiro foi marcado por Lourinho aos 26 minutos.


Na próxima jornada a equipa azul e oiro desloca-se até ao Arquipélago dos Açores para defrontar a equipa do Sporting Ideal.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: René, Ricardinho, Rui Santos, Rosinha, Chinita, André Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Jorginho, Lourinho e Mañas.


Ainda jogaram: Canoa, Carlos Vaz e João Carapinha.


quinta-feira, 31 de outubro de 2013

"O Elvas" vs Loures



"O Elvas" recebe no próximo domingo pelas 15 horas a equipa do Loures em jogo a contar para a 8ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.


Depois de a equipa de Emanuel Baleizão ter sido vergada no domingo passado por 7 bolas 0 contra a equipa do Casa Pia os azuis e oiro tem um teste muito difícil frente ao actual líder e uns dos candidatos a vencedor desta serie G.

Para dirigir esta partida foi nomeado o senhor Luís Alberto Cansado Reforço que pertence à Associação de Futebol de Setúbal, sendo o observador o senhor Joaquim André Calado.


Lista de Convocados:

Guarda-Redes: René e Luís Marques;

Defesas: Ricardinho, Rui Santos, Chinita, Luís Coelho, João Carapinha e Rosinha;

Médios: André Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Galacho e Leandro;

Avançados: Lourinho, Carlos Vaz, Mañas, Jorginho e Canoa.



segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Análise do Jogo Casa Pia vs "O Elvas"


Em anteriores crónicas tínhamos alertado que isto poderia suceder a qualquer momento, uma vez que o Elvas, nunca apresentou um futebol sólido e equilibrado em todo o campeonato, mesmo quando ganhou, porque as vitórias alcançadas foram sempre muito sofridas e temos a obrigação de atribuir toda a responsabilidade à equipa técnica, que desde a pré-epoca até à 7ª jornada não tem sabido orientar segundo aspetos técnico-táticos, aspetos da condição física e principalmente no aspeto pedagógico do relacionamento com os atletas. 

Fatores como lacunas defensivas graves e no caso deste jogo com o Casa Pia a enorme falta de pressão sobre o adversário deixando-o dominar o jogo a seu bel-prazer, ou os jogadores se recusaram a realizar as indicações do técnico ou este não as transmitiu para dentro do relvado o que é grave, das duas uma, ou Emanuel Baleizão não tem o balneário na mão, ou já imaginava que os nove pontos eram suficientes. Algo se passa de anormal, porque o discurso apresentado pelo técnico não condiz com aquilo que sucedeu em campo. É verdade que o plantel do Elvas tem um conjunto de jogadores com capacidade aceitável para este campeonato, embora tenha também alguns jogadores com bastantes limitações, mas aqui o que está em causa é o sistema utilizado, o modelo de jogo, a metodologia de treino e a mentalização dos atletas e esta equipa tinha que ser concebida de acordo com as características dos seus jogadores e nunca segundo as diretrizes dos manuais de futebol, que abordam as situações no geral.

Para finalizar, a direção do clube deve fazer uma reflexão sobre aquilo que se passou neste jogo e poder tomar algumas decisões, porque ainda está a tempo de solucionar os erros cometidos na pré-época. Os adeptos do Elvas não vão perdoar este resultado escandaloso que mancha a história do clube.


domingo, 27 de outubro de 2013

"O Elvas" perde com o Casa Pia por 7 - 0



A equipa de "O Elvas" deslocou-se na tarde deste domingo até Lisboa para defrontar a equipa do Casa Pia em jogo a contar para a 7ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores, acabando com a vitória a ser alcançada pela equipa do Casa Pia por 7 bolas a 0.

"O Elvas" sofre assim uma goleada duríssima da qual certamente deixará muitas mazelas na formação azul e oiro. 

Na próxima semana a equipa de "O Elvas" recebe a equipa do Loures.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: René, Ricardinho, Rui Santos, Chinita, Cordeiro, André Largueiras, Luís Carapinha, Galacho, Jorginho, Lourinho e Carlos Vaz.

Ainda jogaram: Aricson, Luís Coelho e Ricardo Fernandes.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Casa Pia vs "O Elvas"






A equipa de "O Elvas" desloca-se no próximo domingo até Lisboa para defrontar a equipa do Casa Pia, em jogo a contar para 7ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.


A equipa de "O Elvas" está em 4º lugar com 9 pontos enquanto a equipa do Casa Pia está em 6ª lugar com menos 2 pontos. 

Para dirigir esta partida foi nomeado o senhor Sérgio Filipe Grade Sousa Piscarreta que pertence à Associação de Futebol do Algarve, tendo como observador o senhor Hugo Ricardo Gonçalves Faria.

Convocatória:


Guarda-Redes: René e Luís Marques;

Defesas: Ricardinho, Luís Coelho, Chinita, Rui Santos, João Cordeiro e Rosinha;

Médios: Largueiras, Galacho, Leandro, Aricson e Luís Carapinha;

Avançados: Jorginho, Lourinho, Ricardo Fernandes, Canoa e Carlos Vaz.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Análise do Jogo "O Elvas" vs SC Praiense



Depois de seis jornadas realizadas, três das quais em casa, o Elvas continua a entregar o domínio do jogo ao adversário, facto que é extremamente perigoso na medida em que proporciona à equipa visitante muitas oportunidades de golo, que foi o caso da equipa insular o Praiense, pois em toda a primeira parte, a posse de bola pertenceu à equipa da Praia da Vitória que em ataques rápidos colocando a bola principalmente no extremo micaelense Marco Aurélio que é um avançado de drible fácil, remate certeiro e goleador, foi sempre um quebra-cabeças para a defensiva elvense. Tudo isto, devido ao Elvas jogar apenas com um médio defensivo e dois criativos, o que é sempre um risco, na medida em que, com inferioridade numérica no meio campo, abria sempre um buraco que permitia a circulação rápida de bola da equipa da Praia da Vitória e sucessivas transições ofensivas para a velocidade dos seus atacantes (Rúben e Marco Aurélio que estavam em constante mutação). Com várias ocasiões veio a surgir o golo de Marco Aurélio, numa desatenção de toda a equipa que ficou estática, quando o guarda-redes André Vieira fez um lançamento de bola muito rápido para o ataque, apanhando totalmente desprevenida a equipa alentejana e surgindo assim o golo açoriano no minuto 41. Na segunda parte, inicia-se em toada de parada e resposta. 

O Praiense não se limitou a gerir o resultado, a equipa de Manuel Costa, mais conhecido por Chalana, atacava sempre que podia, mas no minuto 52 num ressalto dentro da área do Praiense Jorginho que estava no lugar certo empata o jogo. A partir daí as duas equipas tentaram desfazer a igualdade, mas tanto René como André Vieira, estiveram em excelente plano defendendo tudo o que era possível defender. O Elvas apresentou-se – lhe uma grandíssima ocasião por intermédio de Aricson, que desferiu um grande pontapé ao poste, que poderia ter passado para a frente do marcador, mas o Praiense insistia através de Spencer, Rúben e Marco Aurélio à procura do golo da vitória. Entretanto, o Elvas ainda tinha forças para fazer transições rápidas principalmente por intermédio de João Cordeiro que nos últimos minutos estava ainda com uma frescura física impressionante e criou algum perigo à defensiva insular. Até que surge no minuto 94 uma jogada de Canoa e Luís Carapinha aproveitada por Aricson quando a bola ressaltou do guarda-redes André Vieira, para fazer o golo da vitória.

Neste jogo a equipa trabalhou muito na recuperação da bola e no posicionamento em campo. Existem algumas melhorias significativas na forma como se defende em conjunto, mas ainda existem aspetos individuais que serão difíceis de evitar como por exemplo; falhar o alívio de uma bola, que aconteceu aos centrais e que poderia ter custado um ou mais golos e outras situações como desatenções de marcação, deixando avançados libertos a dois e três metros de distância. No caso do pressing, a equipa quando faz a pressão sobre o adversário, cada jogador deve estar mais próximo do seu opositor, para quando a bola chegar poder intercetar a jogada e além disso o pressing é feito sempre em conjunto numa zona determinada do campo e não só por um ou dois jogadores, que ao fazê-lo se desgastam sem resultado.  


Na minha opinião, o resultado final acaba por ser de alguma felicidade, embora o Elvas tenha lutado bastante para o alcançar. Mas as coisas nem sempre poderão correr de feição, porque as ocasiões criadas pelo adversário dão que pensar, relativamente ao sistema de jogo utilizado e por essa razão e continuo a dizer que, a nossa equipa será mais sólida se tiver dois médios defensivos, povoando assim o meio campo e tendo a possibilidade de posse de bola, cortando as linhas de passe do adversário. Com isto, não quero dizer que abdicamos do ataque, só que o poderemos fazer de uma outra forma mais segura, em 4-2-3-1. O Elvas está neste momento num magnífico 4º lugar ao fim de seis jornadas. Isto também prova que os seus adversários não são tão bons como se dizia, mas há muito campeonato pela frente e a equipa deve continuar a corrigir erros e a evoluir taticamente.

domingo, 13 de outubro de 2013

"O Elvas" vence SC Praiense por 2 - 1



Jogou-se na tarde deste domingo o encontro da 6ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores que opôs frente a frente a equipa de "O Elvas" e a equipa do SC Praiense, acabando com a vitória a ser obtida pela equipa azul e oiro por 2 bolas a 1.

Os golos da equipa azul e oiro foram marcados por Jorginho aos 52 minutos e Aricson aos 94 minutos.

Vitória importantíssima para a equipa azul e oiro que assim sobe ao 4º lugar da tabela classificativa.

Na próxima jornada a equipa de "O Elvas" desloca-se até Lisboa para defrontar a equipa do Casa Pia.


A equipa de "O Elvas" alinhou com: René, Ricardinho, Rui Santos, Chinita, Cordeiro, Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Jorginho, Lourinho e Carlos Vaz.


Ainda jogaram: Mañas, Galacho e Canoa.

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

"O Elvas" vs SC Praiense





Joga-se no próximo domingo pelas 15 horas o jogo da 6ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores que irá opor frente a frente a equipa de "O Elvas" e do SC Praiense.

Depois da semana passada a equipa de "O Elvas" se ter deslocado até aos Açores a equipa comandada por Emanuel Baleizão, volta a medir forças contra uma equipa do mesmo arquipélago (Ilha da Terceira), num jogo que se prevê ser de dificuldade máxima. 

Para este jogo foi nomeado o senhor Henrique Daniel Gameiro Farinha Paula que pertence à Associção de Futebol de Santarém, sendo o observador do jogo o senhor Albano Rocha Fialho.

Lista de Convocados:

Guarda-Redes: René e Luís Marques;

Defesas: Ricardinho, Rui Santis, Rogério Chinita, João Carapinha, Luís Coelho e João Cordeiro;

Médios: Largueiras, Leandro, Galacho, Luís Carapinha e Aricson;

Avançados: Jorginho, Carlos Vaz, Lourinho, Mañas e Canoa.



segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Análise do Jogo Operário vs "O Elvas"





O Elvas obteve o resultado possível em jogo difícil. Possível, porque é justo dizer que a equipa dos Açores demonstrou capacidade para vencer o jogo, na medida em que o Elvas, tentou fazer o contra ataque que o Operário lhe permitia, porque em grande parte do jogo a equipa da Lagoa foi dominadora e sempre no meio campo adversário com grande circulação de bola e pressing alto, impedindo o Elvas de avançar as suas linhas, quase sufocando a nossa zona de construção. 

Quando os nossos médios queriam iniciar transições de imediato eram pressionados pela equipa de André Branquinho e perdiam a posse de bola com facilidade. Nos momentos de abrandamento da equipa micaelense o Elvas respirava fundo e aproveitava para fazer algumas transições ofensivas e até poderia ter marcado se não fosse a inoperância de Luís Carapinha e Lourinho. 

O Operário equipa profissional, que treina duas vezes por dia, muito bem preparada fisicamente e com o objetivo de subir à  2ª liga, tem outros argumentos, que a nossa equipa não tem. Um cabo-verdiano rapidíssimo (Fufuco), mas perdulário, felizmente para nós, um bom organizador de jogo, João Peixoto e um outro cabo-verdiano Evandro extremo rápido e habilidoso e um jovem treinador André Branquinho, que colocou esta equipa a jogar a alta velocidade.

 Quanto ao Elvas, fez aquilo que era possível, atendendo às suas limitações defensivas e à pouca eficácia quando surgem ocasiões flagrantes e não se marca. A equipa necessita de maior velocidade na troca de bola e ser mais rápida a pensar. Ainda há muita falta de precisão no último passe, que por vezes é crucial para criar jogadas de perigo eminente. É de salientar a boa prestação do senegalês René que tem transmitido confiança a toda a equipa, quer no jogo aéreo, quer nas saídas ao encontro dos avançados contrários.

Apesar dos quatro últimos classificados terem somado um ponto e o Elvas não ter somado qualquer ponto, o Elvas mantém o 6º lugar e a nossa derrota foi perante o atual líder do campeonato, o que a valoriza mais. No entanto, no próximo jogo o Elvas recebe no seu estádio outra equipa açoriana (Praiense) de alguma qualidade e que está bem posicionada na tabela classificativa. Precisamos de vencer esse jogo para nos afastarmos dos últimos lugares e permanecer na zona de conforto classificativa.