domingo, 29 de setembro de 2013

Análise da Partida Sintrense vs "O Elvas"




O Elvas entrou bem no jogo, desta vez com Carlos Vaz em vez de Mañas, em 4-3-3 em que Jorginho auxiliava no flanco direito quando era necessário defender. O jogo esteve sempre numa toada de equilíbrio num relvado natural demasiado pesado devido ao tempo que se fazia sentir na região saloia. Ao minuto 20 o Sintrense ameaçou a baliza de René por intermédio de Parreira, entretanto o Elvas ia fazendo lançamentos longos para a velocidade de Carlos Vaz que incomodava a defensiva contrária e só não fazia mais perigo devido à qualidade do jovem Tiago Duque central do Sintrense que resolvia as situações. 

Até que surge o minuto 30 numa jogada de Carapinha resolvida superiormente por Jorginho abrindo o ativo para a equipa azul e oiro. Passados dois minutos o mesmo Jorginho aproveita uma desatenção defensiva dos homens de Sintra para fazer o 0-2 e o Elvas passa a ter uma margem confortável no marcador, mas como já é habitual, quando o adversário pressiona forte o nosso sector defensivo desmorona-se e logo no minuto seguinte permite o 1-2 por intermédio de Brasão. O Elvas continuava a tentar as transições rápidas ofensivas, mas nessa fase do jogo o Sintrense não lhe permitia e pressionava mais e até ao intervalo foi suportando a avalanche atacante da equipa orientada por Tuck. 

Na segunda parte, a equipa alentejana entrou em campo de forma apática e num deslise defensivo o Sintrense obtém a igualdade no marcador por intermédio de Mário Mateus, depois de estar a perder por 0-2. A partir desse momento o Elvas ficou intranquilo e teve momentos em que perdeu o controle do jogo, até que surge o golão do cabo-verdiano Carlos Vaz a fazer o 2-3 e nessa fase a equipa ganhou mais confiança obtendo mais posse de bola e conseguindo incomodar o último reduto sintrense. 

Depois surge a fase das substituições, uma vez que alguns jogadores já muito desgastados, necessitavam de ser substituídos, alguém que continuasse a pressionar e a segurar a bola, roubando-a ao adversário, evitando que este nos criasse perigo. De qualquer forma, nos últimos minutos ainda se verificam índices físicos abaixo do normal em alguns jogadores, embora tenhamos que reconhecer que o estado do terreno de jogo causou maior desgaste físico aos atletas. 

Quanto ao sector defensivo continua a ser o mais débil apesar dos outros sectores terem melhorado sensivelmente e principalmente na eficácia das transições ofensivas. Ainda existe um pormenor que nos deixa preocupados, é que jogadores como Lourinho e Mañas que no ano passado foram os goleadores do Elvas, agora em 4 jornadas ainda não obtiveram qualquer golo. 

O Elvas dá um grande salto na classificação passando para 6º lugar com igualdade de pontos com o 5º classificado. Este resultado é importantíssimo para melhorar a atitude mental e física da equipa e moraliza os adeptos mais descrentes, mas sem esquecer que o próximo jogo nos Açores, perante o Operário é uma tarefa muito difícil, mas não é impossível.

sábado, 28 de setembro de 2013

"O Elvas" vence Sintrense por 3 - 2



Jogou-se na tarde deste sábado a 4ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores onde a equipa de "O Elvas" se deslocou até Sintra para defrontar a equipa do Sintrense, acabando por vencer por 3 bolas a 2.

Os golos da equipa azul e oiro foram marcados por: Jorginho de cabeça aos 30 minutos e depois a bisar aos 32 minutos e Carlos Vaz aos 57 minutos.

Vitória importante para a equipa azul e oiro que consegue assim subir na tabela classificativa.

Na próxima jornada a equipa de "O Elvas" desloca-se até à ilha de São Miguel para defrontar a equipa do Operário.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: René, Ricardinho, Rui Santos, Chinita, João Cordeiro, Largueiras, Galacho, Carapinha, Jorginho, Lourinho e Carlos Vaz.

Ainda jogaram: Leandro, Canoa e Aricson.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Sintrense vs "O Elvas"




"O Elvas" desloca-se no próximo sábado pelas 15 horas até Sintra para defrontar a equipa da Sport União Sintrense, em jogo a contar para a 4ª Jornada do Campeonato Nacional de Seniores.


Depois de uma semana de paragem do campeonato, "O Elvas" tem aqui um jogo decisivo nas suas aspirações para a consolidação da equipa na tabela classificativa.


Lista de Convocados: 

Guarda-Redes: René e Favita;

Defesas: Ricardinho, Luís Coelho, Chinita, João Cordeiro, Rui Santos e Rosinha;

Médios: Largueiras, Galacho, Leandro, Carapinha e Aricson;

Avançados: Jorginho, Canoa, Lourinho, Vaz e Mañas.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Análise da Partida



Bom resultado com exibição suficiente e muito sofrida.

O Elvas apresentou-se em campo com o sistema habitual 4-3-3 em que os sectores estiveram sempre muito desligados, principalmente deixando o avançado Mañas sempre muito só entre os centrais lisboetas, que ganhavam quase sempre o jogo aéreo. Na primeira parte o Elvas atacou mais, mas sempre errando o último passe e não pressionando quando perdia a bola. Na circulação de bola existe muita lentidão e muito nervosismo e até parece que a equipa está sobre brasas quando tem que pegar no jogo na zona de construção e fazer os passes de rotura. Raramente ganha as segundas bolas e no jogo aéreo o meio campo também é incapaz de se impor perante adversários mais robustos. A condição física é mais que evidente que nas segundas partes dos jogos a equipa quebra muito fisicamente, mas quem treina semanalmente é que sabe, nós apenas analisamos o que vemos nos jogos. Relativamente às transições rápidas bem elaboradas por Luís Carapinha não foram aproveitadas pelos colegas, como aconteceu com o Lourinho. 


O Elvas deveria aproveitar melhor essa forma de jogar para depois na zona de finalização concretizar, porque a nossa equipa não tem características para jogar em ataque organizado. Deve jogar em bloco fechado e partir para transições rápidas, na medida em que tem uma defesa muito lenta e necessita de jogar em futebol apoiado. Os avançados deveriam estar em constante movimento ( Lourinho,  Mañas e Jorginho) mudando de flanco e não ficarem estáticos facilitando a tarefa aos defensores do Futebol Benfica. Em relação às substituições, existiu um momento do jogo em que a equipa de Lisboa carregou no acelerador para tentar empatar o jogo e o Elvas estava com dificuldades em sacudir a pressão do adversário, inclusive alguns jogadores já acusavam muita fadiga e era necessário refrescar a equipa, facto que veio a acontecer, embora tardiamente com a entrada de Aricson. 

 Este jogador trouxe a alma que o Elvas precisava, o talentoso cabo-verdiano apontou um golão, um petardo do meio da rua que fez motivar os adeptos do Elvas. A irregularidade do senegalês René enerva a massa associativa, por outro lado faz meia dúzia de grandes defesas que evitaram uma possível derrota e também com a colaboração do desinspirado avançado Ricardo Pereira (do Futebol Benfica) que teve algumas ocasiões, criando também alguns sobressaltos com a velocidade de Alcídes e Bruno Mendes. 

A equipa de Pedro Barroca é muito limitada, mas  será possivelmente um dos conjuntos que lutará com o Elvas para evitar a despromoção. Entretanto, já se viu que não há muitas equipas do nosso campeonato, será talvez este Futebol Benfica e o Ideal dos Açores e todos os outros estão uns furos acima, com exceção do Oriental que parece ser à partida de outro campeonato.

Para concluir, devo dizer que a nossa equipa terá que melhorar em primeiro lugar, a sua condição física e em segundo lugar a dinâmica de jogo, para criar automatismos de forma a construir a sua própria filosofia de jogo, de contrário não é possível ter o domínio do jogo principalmente em casa, para ganhar e conseguir os três pontos.


segunda-feira, 16 de setembro de 2013

"O Elvas" vence Futebol Benfica por 2 - 1



Jogou-se na tarde deste Domingo o jogo "O Elvas" vs Futebol Benfica a contar para a 3ª Jornada do Campeonato Nacional de Seniores, acabando pela vitória da equipa azul e oiro que venceu assim por 2 bolas a 1.

Os golos da equipa azul e oiro foram marcados por Carapinha de grande penalidade aos 30 minutos e por Aricson num excelente golo aos 85 minutos.

A equipa azul e oiro consegue assim os primeiros pontos neste campeonato.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: René, Ricardinho, Rui Santos, Chinita, Cordeiro, Largueiras, Galacho, Carapinha, Jorginho, Lourinho e Mañas.

Ainda jogaram: Aricson, Canoa e Rosinha.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

"O Elvas" vs Futebol Benfica




Joga-se no próximo domingo pelas 17:00 horas o encontro "O Elvas" vs Futebol Benfica, em jogo a contar para a 3ª Jornada do Campeonato Nacional de Seniores.


"O Elvas" terá assim um teste de fogo contra uma equipa que até agora também não pontuou, por isso existe a expectativa para ver se a equipa conseguirá reagir aos maus resultados obtidos nestas duas primeiras jornadas e tentar assim alcançar os primeiros pontos da temporada.

Para este jogo foi nomeado o senhor Miguel Costa Figueiredo que pertence à Associação de Futebol de Setúbal, o observador será o senhor Albano Rocha Fialho.

Lista de Convocados:

Guarda-Redes: René e Favita;

Defesas: Luís Coelho, Ricardinho, Rui Santos, Chinita, Rosinha e João Cordeiro.

Médios: Largueiras, Galacho, Leandro, Luís Carapinha e Aricson;

Avançados: Jorginho, Canoa, Mañas, Carlos Vaz e Lourinho.


domingo, 8 de setembro de 2013

"O Elvas" perde com o Oriental por 3 - 0



"O Elvas" deslocou-se na tarde deste Domingo até Lisboa para defrontar a equipa do Oriental onde acabou por perder por 3 bolas a 0, em jogo que contava para a 2ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.


Os azuis azul e oiro continuam assim sem vencer nesta época desportiva.


A equipa de "O Elvas" alinhou com: René, Ricardinho, Rui Santos, Marcial, João Cordeiro, André Largueiras, Galacho, Luís Carapinha, Jorginho, Lourinho e Mañas.


Ainda jogaram: Rogério Chinita, Aricson e Luís Coelho.

sábado, 7 de setembro de 2013

Oriental vs "O Elvas"




A equipa de "O Elvas" desloca-se neste domingo até ao bairro de Marvila (Lisboa) para defrontar a equipa do Oriental, em jogo a contar para a 2ª Jornada do Campeonato Nacional de Seniores. 


Jogo muito complicado que será disputado pela a equipa azul e oiro, pois o Oriental é um dos fortes candidatos ao 1º lugar desta série.


O árbitro principal que irá dirigir a partida é o senhor Bruno Miguel Alves Jesus que estranhamente pertence a Associação de Futebol de Lisboa, no entanto esperamos que tenha uma boa prestação. 


Lista de Convocados:

Guarda-Redes: René e Favita;

Defesas: Ricardinho, Luís Coelho, Chinita, Rui Santos, Marcial e João Cordeiro;

Médios: Largueiras, Galacho, Leandro, Carapinha e Aricson;

Avançados: Jorginho, Canoa, Carlos Vaz, Lourinho e Mañas.


domingo, 1 de setembro de 2013

"O Elvas" perde com FC Barreirense por 2 - 1



O Elvas hoje apresentou o sistema 4-3-3 com alterações em todos os sectores: Chinita por Marcial e Mañas por André Galacho.

No geral a equipa esteve melhor quer defensivamente, quer na circulação de bola, quer no pressing exercido no campo adversário, embora me pareça ainda algo atrasada no aspeto da condição física.


 O Elvas iniciou o jogo com o domínio sobre o adversário, até que no minuto 12 numa arrancada de Lourinho dentro da área foi rasteirado e o árbitro apontou para a marca de grande penalidade que foi superiormente convertida por Luís Carapinha. 

A partir dos 30 minutos o Barreirense vai à procura do golo do empate sem sucesso. Este Barreirense não tem nada a ver com o último adversário do Elvas, o 1º de Dezembro, pois é mais fraco quer no ataque quer defensivamente e menos agressivo sobre a bola e optou quase sempre pelo jogo direto e transições rápidas, aproveitando a velocidade de Márcio e Canina. 

O Elvas durante todo o jogo foi mais consistente, errou menos passes e posicionou-se melhor no campo, mas ainda comete erros graves como aconteceu nos dois golos do Barreirense em que tanto o Canina, como o Bailão fizeram os golos muito libertos de marcação, demasiado consentidos. 

Quanto aos nossos defesas centrais tiveram algumas dificuldades, devido à velocidade dos dois avançados do Barreirense, quanto ao Ricardinho melhorou bastante no capítulo defensivo.

 Mas antes do golo da vitória da equipa do Barreiro o Elvas disfrutou de uma grande ocasião por intermédio de Mañas levando a bola a embater no poste direito da baliza contrária, que poderia significar a passagem à 2ª eliminatória, ainda no prolongamento o Elvas acusou muito os 35 graus que se sentiam aqui no estádio e quebrou mais fisicamente do que o seu adversário.

 Jogo equilibrado entre duas equipas que apresentam algumas limitações até de ordem económica, mas ambas com grande historial no futebol nacional. Esperemos que o Elvas em cada jogo que passa, possa melhorar a sua capacidade futebolística e colocar em maior perigo as defensivas contrárias, embora o próximo adversário seja muito difícil, o Clube Oriental de Lisboa. 

Quanto à equipa de arbitragem esteve satisfatória, com alguns pequenos erros sem influência para o resultado final.

A equipa de "O ELVAS" alinhou com: René, Ricardinho, Rogério Chinita, Rui Santos, João Cordeiro, André Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Mañas, Carlos Lourinho e Jorginho.

Ainda jogaram:  Galacho, Carlos Vaz e Camilo.