quinta-feira, 31 de outubro de 2013

"O Elvas" vs Loures



"O Elvas" recebe no próximo domingo pelas 15 horas a equipa do Loures em jogo a contar para a 8ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.


Depois de a equipa de Emanuel Baleizão ter sido vergada no domingo passado por 7 bolas 0 contra a equipa do Casa Pia os azuis e oiro tem um teste muito difícil frente ao actual líder e uns dos candidatos a vencedor desta serie G.

Para dirigir esta partida foi nomeado o senhor Luís Alberto Cansado Reforço que pertence à Associação de Futebol de Setúbal, sendo o observador o senhor Joaquim André Calado.


Lista de Convocados:

Guarda-Redes: René e Luís Marques;

Defesas: Ricardinho, Rui Santos, Chinita, Luís Coelho, João Carapinha e Rosinha;

Médios: André Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Galacho e Leandro;

Avançados: Lourinho, Carlos Vaz, Mañas, Jorginho e Canoa.



segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Análise do Jogo Casa Pia vs "O Elvas"


Em anteriores crónicas tínhamos alertado que isto poderia suceder a qualquer momento, uma vez que o Elvas, nunca apresentou um futebol sólido e equilibrado em todo o campeonato, mesmo quando ganhou, porque as vitórias alcançadas foram sempre muito sofridas e temos a obrigação de atribuir toda a responsabilidade à equipa técnica, que desde a pré-epoca até à 7ª jornada não tem sabido orientar segundo aspetos técnico-táticos, aspetos da condição física e principalmente no aspeto pedagógico do relacionamento com os atletas. 

Fatores como lacunas defensivas graves e no caso deste jogo com o Casa Pia a enorme falta de pressão sobre o adversário deixando-o dominar o jogo a seu bel-prazer, ou os jogadores se recusaram a realizar as indicações do técnico ou este não as transmitiu para dentro do relvado o que é grave, das duas uma, ou Emanuel Baleizão não tem o balneário na mão, ou já imaginava que os nove pontos eram suficientes. Algo se passa de anormal, porque o discurso apresentado pelo técnico não condiz com aquilo que sucedeu em campo. É verdade que o plantel do Elvas tem um conjunto de jogadores com capacidade aceitável para este campeonato, embora tenha também alguns jogadores com bastantes limitações, mas aqui o que está em causa é o sistema utilizado, o modelo de jogo, a metodologia de treino e a mentalização dos atletas e esta equipa tinha que ser concebida de acordo com as características dos seus jogadores e nunca segundo as diretrizes dos manuais de futebol, que abordam as situações no geral.

Para finalizar, a direção do clube deve fazer uma reflexão sobre aquilo que se passou neste jogo e poder tomar algumas decisões, porque ainda está a tempo de solucionar os erros cometidos na pré-época. Os adeptos do Elvas não vão perdoar este resultado escandaloso que mancha a história do clube.


domingo, 27 de outubro de 2013

"O Elvas" perde com o Casa Pia por 7 - 0



A equipa de "O Elvas" deslocou-se na tarde deste domingo até Lisboa para defrontar a equipa do Casa Pia em jogo a contar para a 7ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores, acabando com a vitória a ser alcançada pela equipa do Casa Pia por 7 bolas a 0.

"O Elvas" sofre assim uma goleada duríssima da qual certamente deixará muitas mazelas na formação azul e oiro. 

Na próxima semana a equipa de "O Elvas" recebe a equipa do Loures.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: René, Ricardinho, Rui Santos, Chinita, Cordeiro, André Largueiras, Luís Carapinha, Galacho, Jorginho, Lourinho e Carlos Vaz.

Ainda jogaram: Aricson, Luís Coelho e Ricardo Fernandes.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Casa Pia vs "O Elvas"






A equipa de "O Elvas" desloca-se no próximo domingo até Lisboa para defrontar a equipa do Casa Pia, em jogo a contar para 7ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.


A equipa de "O Elvas" está em 4º lugar com 9 pontos enquanto a equipa do Casa Pia está em 6ª lugar com menos 2 pontos. 

Para dirigir esta partida foi nomeado o senhor Sérgio Filipe Grade Sousa Piscarreta que pertence à Associação de Futebol do Algarve, tendo como observador o senhor Hugo Ricardo Gonçalves Faria.

Convocatória:


Guarda-Redes: René e Luís Marques;

Defesas: Ricardinho, Luís Coelho, Chinita, Rui Santos, João Cordeiro e Rosinha;

Médios: Largueiras, Galacho, Leandro, Aricson e Luís Carapinha;

Avançados: Jorginho, Lourinho, Ricardo Fernandes, Canoa e Carlos Vaz.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Análise do Jogo "O Elvas" vs SC Praiense



Depois de seis jornadas realizadas, três das quais em casa, o Elvas continua a entregar o domínio do jogo ao adversário, facto que é extremamente perigoso na medida em que proporciona à equipa visitante muitas oportunidades de golo, que foi o caso da equipa insular o Praiense, pois em toda a primeira parte, a posse de bola pertenceu à equipa da Praia da Vitória que em ataques rápidos colocando a bola principalmente no extremo micaelense Marco Aurélio que é um avançado de drible fácil, remate certeiro e goleador, foi sempre um quebra-cabeças para a defensiva elvense. Tudo isto, devido ao Elvas jogar apenas com um médio defensivo e dois criativos, o que é sempre um risco, na medida em que, com inferioridade numérica no meio campo, abria sempre um buraco que permitia a circulação rápida de bola da equipa da Praia da Vitória e sucessivas transições ofensivas para a velocidade dos seus atacantes (Rúben e Marco Aurélio que estavam em constante mutação). Com várias ocasiões veio a surgir o golo de Marco Aurélio, numa desatenção de toda a equipa que ficou estática, quando o guarda-redes André Vieira fez um lançamento de bola muito rápido para o ataque, apanhando totalmente desprevenida a equipa alentejana e surgindo assim o golo açoriano no minuto 41. Na segunda parte, inicia-se em toada de parada e resposta. 

O Praiense não se limitou a gerir o resultado, a equipa de Manuel Costa, mais conhecido por Chalana, atacava sempre que podia, mas no minuto 52 num ressalto dentro da área do Praiense Jorginho que estava no lugar certo empata o jogo. A partir daí as duas equipas tentaram desfazer a igualdade, mas tanto René como André Vieira, estiveram em excelente plano defendendo tudo o que era possível defender. O Elvas apresentou-se – lhe uma grandíssima ocasião por intermédio de Aricson, que desferiu um grande pontapé ao poste, que poderia ter passado para a frente do marcador, mas o Praiense insistia através de Spencer, Rúben e Marco Aurélio à procura do golo da vitória. Entretanto, o Elvas ainda tinha forças para fazer transições rápidas principalmente por intermédio de João Cordeiro que nos últimos minutos estava ainda com uma frescura física impressionante e criou algum perigo à defensiva insular. Até que surge no minuto 94 uma jogada de Canoa e Luís Carapinha aproveitada por Aricson quando a bola ressaltou do guarda-redes André Vieira, para fazer o golo da vitória.

Neste jogo a equipa trabalhou muito na recuperação da bola e no posicionamento em campo. Existem algumas melhorias significativas na forma como se defende em conjunto, mas ainda existem aspetos individuais que serão difíceis de evitar como por exemplo; falhar o alívio de uma bola, que aconteceu aos centrais e que poderia ter custado um ou mais golos e outras situações como desatenções de marcação, deixando avançados libertos a dois e três metros de distância. No caso do pressing, a equipa quando faz a pressão sobre o adversário, cada jogador deve estar mais próximo do seu opositor, para quando a bola chegar poder intercetar a jogada e além disso o pressing é feito sempre em conjunto numa zona determinada do campo e não só por um ou dois jogadores, que ao fazê-lo se desgastam sem resultado.  


Na minha opinião, o resultado final acaba por ser de alguma felicidade, embora o Elvas tenha lutado bastante para o alcançar. Mas as coisas nem sempre poderão correr de feição, porque as ocasiões criadas pelo adversário dão que pensar, relativamente ao sistema de jogo utilizado e por essa razão e continuo a dizer que, a nossa equipa será mais sólida se tiver dois médios defensivos, povoando assim o meio campo e tendo a possibilidade de posse de bola, cortando as linhas de passe do adversário. Com isto, não quero dizer que abdicamos do ataque, só que o poderemos fazer de uma outra forma mais segura, em 4-2-3-1. O Elvas está neste momento num magnífico 4º lugar ao fim de seis jornadas. Isto também prova que os seus adversários não são tão bons como se dizia, mas há muito campeonato pela frente e a equipa deve continuar a corrigir erros e a evoluir taticamente.

domingo, 13 de outubro de 2013

"O Elvas" vence SC Praiense por 2 - 1



Jogou-se na tarde deste domingo o encontro da 6ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores que opôs frente a frente a equipa de "O Elvas" e a equipa do SC Praiense, acabando com a vitória a ser obtida pela equipa azul e oiro por 2 bolas a 1.

Os golos da equipa azul e oiro foram marcados por Jorginho aos 52 minutos e Aricson aos 94 minutos.

Vitória importantíssima para a equipa azul e oiro que assim sobe ao 4º lugar da tabela classificativa.

Na próxima jornada a equipa de "O Elvas" desloca-se até Lisboa para defrontar a equipa do Casa Pia.


A equipa de "O Elvas" alinhou com: René, Ricardinho, Rui Santos, Chinita, Cordeiro, Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Jorginho, Lourinho e Carlos Vaz.


Ainda jogaram: Mañas, Galacho e Canoa.

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

"O Elvas" vs SC Praiense





Joga-se no próximo domingo pelas 15 horas o jogo da 6ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores que irá opor frente a frente a equipa de "O Elvas" e do SC Praiense.

Depois da semana passada a equipa de "O Elvas" se ter deslocado até aos Açores a equipa comandada por Emanuel Baleizão, volta a medir forças contra uma equipa do mesmo arquipélago (Ilha da Terceira), num jogo que se prevê ser de dificuldade máxima. 

Para este jogo foi nomeado o senhor Henrique Daniel Gameiro Farinha Paula que pertence à Associção de Futebol de Santarém, sendo o observador do jogo o senhor Albano Rocha Fialho.

Lista de Convocados:

Guarda-Redes: René e Luís Marques;

Defesas: Ricardinho, Rui Santis, Rogério Chinita, João Carapinha, Luís Coelho e João Cordeiro;

Médios: Largueiras, Leandro, Galacho, Luís Carapinha e Aricson;

Avançados: Jorginho, Carlos Vaz, Lourinho, Mañas e Canoa.



segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Análise do Jogo Operário vs "O Elvas"





O Elvas obteve o resultado possível em jogo difícil. Possível, porque é justo dizer que a equipa dos Açores demonstrou capacidade para vencer o jogo, na medida em que o Elvas, tentou fazer o contra ataque que o Operário lhe permitia, porque em grande parte do jogo a equipa da Lagoa foi dominadora e sempre no meio campo adversário com grande circulação de bola e pressing alto, impedindo o Elvas de avançar as suas linhas, quase sufocando a nossa zona de construção. 

Quando os nossos médios queriam iniciar transições de imediato eram pressionados pela equipa de André Branquinho e perdiam a posse de bola com facilidade. Nos momentos de abrandamento da equipa micaelense o Elvas respirava fundo e aproveitava para fazer algumas transições ofensivas e até poderia ter marcado se não fosse a inoperância de Luís Carapinha e Lourinho. 

O Operário equipa profissional, que treina duas vezes por dia, muito bem preparada fisicamente e com o objetivo de subir à  2ª liga, tem outros argumentos, que a nossa equipa não tem. Um cabo-verdiano rapidíssimo (Fufuco), mas perdulário, felizmente para nós, um bom organizador de jogo, João Peixoto e um outro cabo-verdiano Evandro extremo rápido e habilidoso e um jovem treinador André Branquinho, que colocou esta equipa a jogar a alta velocidade.

 Quanto ao Elvas, fez aquilo que era possível, atendendo às suas limitações defensivas e à pouca eficácia quando surgem ocasiões flagrantes e não se marca. A equipa necessita de maior velocidade na troca de bola e ser mais rápida a pensar. Ainda há muita falta de precisão no último passe, que por vezes é crucial para criar jogadas de perigo eminente. É de salientar a boa prestação do senegalês René que tem transmitido confiança a toda a equipa, quer no jogo aéreo, quer nas saídas ao encontro dos avançados contrários.

Apesar dos quatro últimos classificados terem somado um ponto e o Elvas não ter somado qualquer ponto, o Elvas mantém o 6º lugar e a nossa derrota foi perante o atual líder do campeonato, o que a valoriza mais. No entanto, no próximo jogo o Elvas recebe no seu estádio outra equipa açoriana (Praiense) de alguma qualidade e que está bem posicionada na tabela classificativa. Precisamos de vencer esse jogo para nos afastarmos dos últimos lugares e permanecer na zona de conforto classificativa.

domingo, 6 de outubro de 2013

"O Elvas" perde com Operário por: 1 - 0




"O Elvas" deslocou-se na tarde deste domingo até aos Açores para defrontar a equipa do Operário, jogo que contava para a 5ª Jornada do Campeonato Nacional de Seniores, acabando com a vitória a ser alcançada pela equipa do Operário por 1 bola a 0.


Na próxima semana a equipa de "O Elvas" recebe a equipa do SC Praiense.


A equipa de "O Elvas" alinhou com: René, Ricardinho, Rui Santos, Chinita, João Cordeiro, Largueiras, Galacho, Carapinha, Jorginho, Lourinho e Carlos Vaz.


Ainda jogaram: Aricson, Mañas e Coelho.

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Operário vs "O Elvas"








"O Elvas" desloca-se no próximo domingo pelas 16 horas até à ilha de São Miguel para defrontar a equipa do Operário, jogo este que conta para a 5ª Jornada do Campeonato Nacional de Seniores.

Depois de duas vitórias consecutivas a equipa comandada por Emanuel Baleizão tem uma deslocação complicadíssima frente ao actual 2º classificado da série G.

Para dirigir esta partida foi nomeado o senhor Rui Pedro Sousa Mendes que pertence à Associação de Futebol de Santarém.