quinta-feira, 28 de novembro de 2013

"O Elvas" vs Oriental



"O Elvas" recebe no próximo domingo pelas 15 horas a equipa do Oriental, em jogo a contar para 11ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.

Depois de quase 1 mês sem jogar em casa a equipa comandada por Emanuel Baleizão regressa ao Municipal Patalino e jogará perante os sócios e adeptos de "O Elvas". 

Num jogo que se prevê muito complicado a equipa azul e oiro terá muito que melhorar para fazer frente a esta equipa do Oriental que na partida em Lisboa goleou os azuis e oiro por 3 bolas a 0.

Já é conhecido o juiz que irá dirigir esta partida, será o senhor André Miguel Furtado Alves Gralha que pertence à Associação de Futebol de Santarém, terá como observador o senhor Joaquim André Calado.

Lista de Convocados:

Guarda-Redes: Luís Marques e Favita;

Defesas: Ricardinho, Rui Santos, Marcial, Rosinha, João Cordeiro, Chinita e Luís Coelho;

Médios: Largueiras, Galacho, Leandro, Carapinha e Aricson;

Avançados: Jorginho, Lourinho, Canoa e Mañas.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Análise do Jogo 1º Dezembro vs "O Elvas"




O técnico Emanuel Baleizão continua a fazer alterações na equipa, mas a dinâmica de jogo e os seus processos defesa/ataque são os mesmos e desta forma não é possível resolver a situação, que requer uma transformação mental e física de toda a equipa e um trabalho de fundo para criação de automatismos a fim de formar um padrão de jogo, que permita, pelo menos o bloqueio das linhas de passe dos adversários e instaure uma boa circulação de bola na zona construção para criar desequilíbrios na defensiva contrária. No entanto, para que isto surja é necessário uma boa metodologia de treino e uma boa orientação e uma boa leitura do jogo de fora para dentro, de forma a fazer as correções necessárias durante o jogo e no intervalo, facto que me parece não existir. Embora existam limitações no plantel, mesmo assim, com uma boa orientação é possível melhorar bastante o desempenho desta equipa.

Relativamente a este jogo, devo dizer que na primeira parte o 1º de Dezembro imprimiu alguma velocidade ao jogo e depois com a rapidez de Guti, Luizinho e Rosário, fizeram tremer a frágil defensiva alentejana, obtiveram com naturalidade 3 golos e não fizeram mais porque Luís Marques esteve em bom plano e também devido à inoperância de Luizinho. Lourinho fez o golo do Elvas, e isto só demonstra que temos jogadores, mas não temos conjunto. Na segunda parte a equipa de Paulinho limitou-se a gerir o resultado e de vez em quando carregava no acelerador e fazia muito perigo. O resultado final só não é mais avultado graças à displicência dos atacantes de São Pedro de Sintra e à boa exibição de Luís Marques. A equipa elvense continua desmotivada, desorientada, sem chama, não faz pressing ao adversário, não tem posse de bola, não tem qualidade de passe, não faz transições rápidas, nem jogadas de estratégia. Eu pergunto onde está o trabalho de casa?


Neste momento com dez jornadas, já temos o Ideal a um ponto e o Praiense a dois, equipas que lutam pela manutenção, isto quer dizer, que se houver novo desaire perante o Oriental, o mais provável é entrarmos na linha de despromoção. Temos o exemplo do Sporting Ideal que mudou de técnico e tinha só três pontos já tem nove, fez uma grande recuperação, isto significa que as chicotadas psicológicas na maioria das vezes dão resultado.

domingo, 24 de novembro de 2013

"O Elvas" perde com 1º Dezembro por 3 - 1




"O Elvas" deslocou-se na tarde deste domingo até São Pedro de Sintra para defrontar a equipa do 1º Dezembro, em jogo que contava para a 10ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores, acabando com a vitória a ser alcançada pela equipa do 1º Dezembro por 3 bolas a 1.

O golo da equipa da equipa azul e oiro foi marcado por Lourinho aos 13 minutos.

Mais uma jornada mais uma derrota para a equipa azul e oiro que não consegue dar a volta a esta onda de derrotas.

Na próxima semana os azuis e oiro recebem a equipa do Oriental.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rosinha, Rogério Chinita, João Cordeiro, André Largueiras, Luís Carapinha, Leandro, Aricson, Jorginho e Lourinho.

Ainda jogaram: Tiago Espírito Santo, Mañas e Canoa.


quinta-feira, 21 de novembro de 2013

1º Dezembro vs "O Elvas"





"O Elvas" desloca-se no próximo domingo pelas 15 horas até à linha de Sintra para defrontar a equipa do 1º Dezembro, em jogo a contar para a 10ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.


No domingo passado "O Elvas" sofreu mais uma goleada no campo do até então último classificado, agora os comandados de Emanuel Baleizão deslocam-se até ao terreno de uma equipa que é liderada por um velho conhecido do "O Elvas" e que já venceu esta temporada no Campo Municipal Domingos Patalino, por isso prevê-se mais um jogo complicado para os azuis e oiro.

Já é conhecido o árbitro que irá dirigir o encontro de domingo, será o senhor André Filipe Domingues Narciso que pertence à Associação de Futebol de Setúbal e será avaliado por Filipe Miguel Gomes Guimarães.


Já é conhecida a lista de convocados para o jogo de amanhã frente à equipa do 1º Dezembro, sendo que nas novidades a convocatória de Ricardo Espírito Santo e Marcial que regressa de lesão prolongada.


Lista de convocados:

Guarda-Redes: Luís Marques e Favita;

Defesas: Ricardinho, Rosinha, Marcial, Rogério Chinita e João Cordeiro;

Médios: André Largueiras, Galacho, Leandro, Luís Carapinha e Aricson;

Avançados: Lourinho, Jorginho, Vaz, Canoa, Ricardo Santo e Mañas.


segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Análise do Jogo Sporting Ideal vs "O Elvas"







Quando a história se repete algo está mal. O Elvas tem vindo a obter nos últimos jogos fora de casa, resultados totalmente desastrosos, para não lhe chamar escandalosos, pois neste último caso nos Açores, perante uma equipa que em oito jornadas não tinha ganho um único jogo, aplicou 4 golos sem resposta a um Elvas desgovernado, desfalcado, sem rumo e desmotivado. Resta saber porquê? Por que razão esta equipa não pressiona o adversário, não tem circulação de bola, não faz transições de forma organizada e cada um joga aquilo que sabe. Não tem condição física e principalmente de algum tempo para cá tem vindo a fazer somente três treinos semanais o que é muito pouco para uma equipa num campeonato nacional. 

Neste jogo O Elvas fez os primeiros 15 minutos e os restantes ficaram a cargo do Sporting Ideal que dominou o jogo como quis, impondo o ritmo que lhe interessava enquanto o Elvas tinha sempre o seu bloco defensivo muito aberto, sem agressividade, sem pressão, sem velocidade e nunca teve consistência nem defensiva nem na zona de construção e muito menos na zona de finalização que praticamente foi inofensiva perante a equipa da Ribeira Grande. Em relação aos quatro golos sofridos, são todos muito consentidos, três pelo sector defensivo e um pelo guarda- redes Luís Marques, de qualquer forma existem em primeiro lugar enormes responsabilidades da equipa técnica em relação a estes resultados e também à falta de qualidade de alguns jogadores. Entretanto, nas substituições Lourinho entrou na segunda parte, já depois da derrota estar praticamente consumada e sabendo que o jogador esteve duas semanas sem treinar por lesão. 

Desconhecemos a não convocação de Luís Coelho, a equipa acabou por ser uma autêntica manta de retalhos. E claro, tudo isto depois do caso “René”.  E atenção, vêm aí dois jogos muito difíceis (1º de Dezembro e Oriental) se não houver alterações para melhorar o desempenho da equipa, estaremos provavelmente na presença de mais duas derrotas, o que representaria uma maior gravidade, não só na tabela classificativa mas também na instabilidade da equipa, do clube e principalmente dos associados, que começavam a ter um descredito total pela sua equipa.
 

Agora mais que nunca, a direção terá que fazer uma análise profunda da sua situação desportiva e provavelmente fazer alterações ou aquisições e tomada de decisões rápidas, antes (se possível) ou no mercado de inverno de forma a alterar esta situação negativa atual do clube, para quando chegar a segunda fase não esteja já com a corda na garganta e numa situação irrecuperável.

domingo, 17 de novembro de 2013

"O Elvas" perde com o Sporting Ideal por 4 - 0



"O Elvas" deslocou-se na tarde deste domingo até aos Açores para defrontar a equipa do Sporting Ideal acabando por sofrer uma goleada de 4 golos sem resposta. Este jogo era a contar para 9ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores.

Derrota justa por parte da equipa azul e oiro que jornada após jornada não consegue demonstrar melhorias no seu futebol.

De lembrar que amanhã pelas 21 horas se realiza uma Assembleia geral do clube na sua sede.

Na próxima jornada a equipa azul e oiro desloca-se até à linha de Sintra para defrontar o 1º de Dezembro.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Luís Marques, Ricardinho, Rosinha, Chinita, João Cordeiro, André Largueiras, Galacho, Luís Carapinha, Jorginho, Canoa e Mañas.

Ainda jogaram: Carlos Vaz, Lourinho e Camilo.


quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Sporting Ideal vs "O Elvas"



"O Elvas" desloca-e no próximo domingo dia 17 de Novembro ao arquipélago dos Açores onde irá pelas 15 horas medir forças com a equipa do Sporting Ideal.

A equipa azul e oiro vem de um empate frente ao Loures por 1 bola a 0 enquanto o Sporting Ideal vem de uma derrota por 2 - 0 frente a equipa do Sintrense.

Será um jogo que se prevê acessível para a equipa comandada por Emanuel Baleizão, no entanto a equipa terá de jogar concentrada para não ter surpresas. 

Para este jogo Rui Santos não poderá ser utilizado devido a castigo e Luís Marques deverá voltar a ser o dono da baliza azul e oiro, dado que René como é público abandonou o clube.

Convocatória Assembleia Geral


quarta-feira, 13 de novembro de 2013

René ("O Elvas") ausente há seis dias sem autorização

O guarda-redes René (ao lado, na foto), de "O Elvas" está ausente do clube "desde a última quinta-feira", dia 7, segundo declarações à Rádio ELVAS de Joaquim Santos, presidente da Direção dos "azuis-e-ouro". O jogador "não está autorizado pelo clube" para estes seis dias de ausência, segundo o mesmo dirigente, que adianta que "o jogador fica sujeito ao regulamento disciplinar do clube".
 
René, de nome próprio Charles Aurien NDiaye, tem 30 anos, um porte físico marcante (1,88 metros de altura e 80 quilos de peso) e é natural do Senegal. Até agora, nesta temporada de 2013/2014, é totalista nos nove jogos oficiais do Clube Alentejano de Desportos: oito no campeonato e um na Taça de Portugal, onde sofreu 21 golos (19 no campeonato e dois na Taça).

Denotando uma serenidade invulgar para um jogador de futebol, o guardião, nesta sua passagem por Elvas, tem alternado o bom e o mau, nas suas atuações: foram tardes negras as partidas com 1º de Dezembro e Casa Pia, enquanto teve grandes exibições nos encontros com Operário e Praiense.
Luís Marques e Favita são as outras duas opções para a baliza elvense, quando a equipa inicia hoje, quarta-feira dia 13, a preparação para o jogo do próximo domingo, nos Açores com o Sporting Ideal, para a nona jornada da Série G do campeonato nacional de seniores. in www.radioelvas.com

René de saída de "O Elvas"



Não é oficial e tão pouco 100% credível, mas segundo o site zerozero.pt o até então actual guarda-redes titular da baliza azul e oiro Chares Aurian NDiaye, mais conhecido como René abandonou o clube. Aguardaremos então por alguma explicação do clube ou para ver se foi erro de algum colaborador do zerozero.

Actualização, segundo o blog alentejo e desporto René assinou com um clube marroquino e deixa assim a equipa de "O Elvas"



segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Análise do Jogo "O Elvas" vs Loures




Depois do desaire da jornada anterior o Elvas apresentou -se perante os seus adeptos defrontando nada menos que o primeiro classificado da série G e iniciou o jogo com uma forte pressão sobre o adversário e com uma circulação de bola rápida, trocando as voltas ao técnico Luís Silva, surpreendendo o Loures na sua estratégia para este jogo. 

O Elvas foi dominando o jogo e criando uma dinâmica de ataque continuado que lhe permitisse entrar na defensiva contrária, até que no minuto 26, numa excelente jogada de ataque aparece Lourinho a fazer um golo de belo efeito. 

Entretanto o Loures foi equilibrando o jogo e fazendo algumas transições rápidas principalmente por Adilson, que era o avançado mais perigoso da equipa de Loures, embora o guarda-redes René não tivesse muito trabalho, por um lado pelo acerto da defensiva do Elvas com boa prestação de Rosinha, que jogou pela primeira vez a titular e por outro lado a incapacidade dos avançados do Loures em penetrar no bloco defensivo alentejano. 

O Elvas teve nesta primeira parte, momentos de bons passes de rutura, teve também uma qualidade de passe na zona de construção, que não tinha tido anteriormente e isso permitiu-lhe uma posse de bola importante, travando a ofensiva contrária.

Na segunda parte, surge a questão mental, o tal trauma que a equipa padece e que só o seu técnico poderá resolver, é que quando o adversário carrega no acelerador para empatar o jogo, o Elvas recua demasiado o seu bloco defensivo, permitindo assim, que o Loures funcione em ataque organizado muito próximo da nossa área, o que é sempre um perigo, porque em qualquer jogada perto da área e mesmo dentro dela pode originar situações de finalização, o que veio a acontecer com a grande penalidade muito duvidosa apontada pelo árbitro setubalense, que aliás teve uma prestação fraca prejudicando a equipa visitada, tanto no capitulo disciplinar, como no capitulo técnico, tendo por isso influenciado o resultado final do jogo. 


Em toda a segunda parte o Loures tentou vencer o jogo, mas nunca convenceu, pareceu-me uma equipa mediana, um bom conjunto, mas sem individualidades, nunca foi capaz de criar desequilíbrios, pois não apresentou argumentos de candidato a vencer este campeonato e ao mesmo tempo o Elvas se tem sabido gerir melhor a segunda parte poderia ter levado os três pontos, talvez tenha sido a equipa nos jogos em casa que menos problemas causou à defensiva elvense. 

A substituição de Carlos Vaz foi tardia e não deveria ser por Mañas mas sim por Jorginho, que estava completamente estoirado, já são 38 anos. O treinador deveria gerir melhor estes casos, este jogador é para fazer as segundas partes já com o adversário cansado e explorar a sua velocidade e nunca desgastá-lo sem êxito.

Em relação à expulsão de Rui Santos, é mais um problema para Emanuel Baleizão, agora terá que compor o centro da defesa com Rosinha e João Carapinha e no lado esquerdo notou-se muito a ausência de João Cordeiro, quer defensivamente, quer ofensivamente, é atualmente um jogador importante no onze do Elvas e parece-me que Chinita fisicamente não está bem, muito lento na recuperação de bola foi sempre um corredor aberta para o ataque adversário. 


Se a condição física estivesse bem, na segunda parte a equipa não necessitava de defender tanto atrás, por esse motivo o pressing exercido na primeira parte foi importante, mas desgastante e é por esta razão que é indispensável uma boa preparação física. 

Certamente que os técnicos responsáveis sabem melhor que nós do aspeto físico no futebol atual, mas, por que razão não é trabalhado devidamente durante a semana?  Eu duvido que o Casa Pia nos tivesse marcasse 7 golos, se tivéssemos tido esta atitude mental e física com esta dinâmica de jogo apresentada perante o Loures em especial na primeira parte.

domingo, 3 de novembro de 2013

"O Elvas" empata com o Loures



O Elvas recebeu na tarde deste domingo a equipa do Loures em jogo que contava para a 8ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores, acabando com o resultado a ser um empate a uma bola.


O golo da equipa azul e oiro foi marcado por Lourinho aos 26 minutos.


Na próxima jornada a equipa azul e oiro desloca-se até ao Arquipélago dos Açores para defrontar a equipa do Sporting Ideal.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: René, Ricardinho, Rui Santos, Rosinha, Chinita, André Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Jorginho, Lourinho e Mañas.


Ainda jogaram: Canoa, Carlos Vaz e João Carapinha.