segunda-feira, 31 de março de 2014

Análise do Jogo "O Elvas" vs 1ºDezembro


  Repetem-se os erros, repetem-se as ocasiões desperdiçadas e assim não é possível atingir o objetivo principal.

        Na primeira parte com a forte pressão exercida pelo 1ºDezembro, o Elvas era incapaz de sair a jogar da defesa para o ataque e perdia facilmente a bola em zonas consideradas proibidas, de tal forma que no minuto 21 Rafael Silva não hesitou em transformar o único golo do jogo, que vem complicar muito as contas do Elvas. Ainda na primeira parte, Thomas Gregg fez uma grande jogada que merecia golo mas a bola saiu ao lado da baliza de Marco Pinto.


        Na segunda parte, com o 1ºDezembro já mais desgastado devido ao grande pressing alto que fez na primeira parte do jogo, passou a jogar em bloco médio baixo aproveitando o adiantamento da defensiva elvense para fazer as transições rápidas que pouco aconteceram, no entanto o Elvas carregou no acelerador e disfrutou de algumas oportunidades para empatar ou até para vencer o jogo, mas a grande inoperância atacante da equipa de Jorge Vicente, está a ser penalizadora, principalmente para alguns jogadores que têm dado tudo para sair desta classificação, como por exemplo, Luís Carapinha que mais uma vez tem carregado a equipa às costas, quer a construir, quer a defender e até a concretizar, uma vez que é neste momento o melhor marcador da equipa e é pena não ter acompanhamento dos seus colegas do meio campo, que mais uma vez continuam em péssima forma. A equipa está muito nervosa, intranquila e necessita urgentemente de vencer um jogo. É pena que Lourinho para fazer 2 ou 3 golos, necessite de falhar o triplo dos golos e assim é muito complicado, quando o seu adversário, na mínima desatenção aproveita para marcar, dessa forma se vê a diferença entre as equipas que são objetivas e eficazes e as que não o são.


        No entanto para além destes contratempos, surgiu também um erro grosseiro do árbitro, ficando uma grande penalidade por marcar, no mínimo escandalosa, por mão na bola do defesa da equipa de Paulinho e surgiu num momento em que o Elvas estava a criar jogadas de perigo e talvez esse penalti viesse a proporcionar a reviravolta no marcador, mas o destino parece que não quer que o Elvas siga em frente, pois o futebol tem destas coisas, talvez no próximo domingo perante o Futebol Benfica último classificado possamos recomeçar a recuperação, apesar disso já vejo a maioria dos associados muito desmotivados, o que não é nada bom, visto que até matematicamente ser possível a manutenção todos deveria acreditar na equipa, porque ainda faltam 7 jogos e muita coisa pode acontecer até à última jornada.

domingo, 30 de março de 2014

"O Elvas" perde com 1º Dezembro por 1 bola a 0



A equipa de "O Elvas" recebeu na tarde deste domingo a equipa do 1º Dezembro em jogo que contava para a 7ª jornada da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional de Seniores, acabando com a vitória a ser alcançada pela equipa visitante por 1 bola a 0.

Num jogo em que a vitória era obrigatória os azuis e oiro voltaram a entrar mal na partida e numa desatenção da equipa sofreu o único golo da partida.

Com esta derrota os comandados de Jorge Vicente ainda continuam a sonhar com a manutenção, fruto da derrota surpreendente do Sporting Ideal no terreno do Futebol Benfica, no entanto se continuamos assim a perder pontos em casa podemos começar a esquecer a manutenção.

Nota negativa para o árbitro da partida que não assinalou uma grande penalidade a nosso favor.

Na próxima semana os azuis e oiro voltam a jogar em casa com o Futebol Benfica.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Rafael Santos, Canoa, Braima, Danilson, Rui Cardoso, André Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Thomas Gregg, Lourinho e Valdemar Mané.

Ainda jogaram: Hemiliano, Mañas e João Carapinha.

quinta-feira, 27 de março de 2014

"O Elvas" vs 1º Dezembro



A equipa de "O Elvas" recebe no próximo domingo a equipa do 1º Dezembro em jogo a contar para a 7ª jornada da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional de Seniores.

Num jogo de tudo ou nada para os azuis e oiro será uma partida complicada que se espera no próximo domingo.

Apela-se a todos os adeptos e sócios que apareceram no estádio para apoiar a equipa, pois todo o apoio será necessário para empurrar a equipa para a vitória.

Já é conhecido o juiz que irá dirigir o jogo do próximo domingo, será o senhor Luís Martins Catita Silva que pertence à Associação de Futebol de Évora. Sendo o observador o senhor Joaquim André Calado.

Curiosamente este mesmo juiz foi o que arbitrou o jogo da fase regular em que "O Elvas" recebeu o 1º Dezembro onde acabou por perder por 3 bolas a 1.

Lista de Convocados

Guarda-Redes: Luís Marques e Rafael Santos;

Defesas: Canoa, Braima, Danilson, Rui Santos, Ricardinho e Rui Cardoso;

Médios: André Largueiras, João Carapinha, Luís Carapinha e Aricson;

Avançados: Lourinho, Hemiliano, Ricardo Fernandes, Thomas Gregg, Luís Coelho, Valdemar Mané e Mañas.


segunda-feira, 24 de março de 2014

Análise do Jogo Sintrense vs "O Elvas"

Desaire perigoso em período avançado da 2º fase de manutenção, que poderá ser importante para as contas finais do lugar da despromoção ou do play-off.

O Elvas mais uma vez apresentou um sistema de 4-3-3 em jogo fora de portas, que nos parece muito arrojado, na medida em que não tendo o meio campo bem preenchido, a equipa torna-se algo frágil quando defende uma vez que apenas tem um médio defensivo e os dois médios ofensivos desgastam-se muito em tarefas defensivas sem resultado e depois nas segundas partes dos jogos não constroem porque estão demasiado cansados e a sua função acaba por ser infrutífera. E por essa razão em todo o jogo a equipa foi incapaz de fazer transições ofensivas e desequilíbrios de forma a incomodar o setor defensivo sintrense e o respetivo guarda-redes Rafael Marques.

 O Elvas em toda a primeira parte defendeu muito bem mas foi inofensivo na zona de finalização, que por incrível que pareça não faz um remate de meia distancia, não há passes de rutura que criem ocasiões de golo eminente e até nas jogadas de estratégia são mal executadas, tendo o Elvas um atleta com capacidade para fazer perigo no jogo aéreo, como é Danilson, sempre mal aproveitado em cantos e livres.


 Terá que ser pensado o padrão de jogo e a sua evolução táctica, de acordo com as caraterísticas deste novo plantel e redefinir a distribuição posicional de alguns jogadores no campo, de forma a equilibrar a equipa quer defensivamente, quer ofensivamente e como é evidente não é fácil formar o entrosamento da equipa em pouco tempo e o que a equipa técnica vai fazendo é ir ajustando os setores e corrigindo posicionamentos, para tentar o melhor possível encontrar alguns automatismos a curto prazo. O facto da infelicidade de Oumar veio alterar o posicionamento de Braima, pois com ele a equipa seria certamente mais coesa e organizada, mas o azar faz parte do futebol e agora não à nada a fazer, teve que ser feito um remendo entre os setores, embora existam outras soluções possíveis, mas a equipa técnica é que conhece a melhor solução.


Como era de imaginar o Sintrense jogou no erro do adversário e aproveitou dois deslises para solucionar a questão e a partir daí o Elvas não teve praticamente reação, com exceção de uma ocasião de Luís Carapinha já no final do jogo.


Os dois próximos jogos são muito importantes e se os conseguirmos vencer, talvez possamos ultrapassar as duas formações açorianas, que aos poucos vão somando pontos, o que lhes garante afastarem-se, ainda não muito do nosso Elvas (2 pontos do Praiense e 3 do Ideal), mas se a distância se incrementar, começa a criar um fosso quase irrecuperável. Esperemos que a equipa regresse aos níveis de confiança de forma a poder vencer os jogos, que é isso que na realidade conta.

domingo, 23 de março de 2014

"O Elvas" perde com Sintrense por 2 bolas a 0



A equipa de "O Elvas" deslocou-se na tarde deste domingo até ao Estádio do Sport União Sintrense em Sintra para defrontar a equipa local, em jogo que contava para a 6ª Jornada da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional de Seniores, com o resultado a ser uma vitória do Sintrense por 2 bolas a 0.

Na próxima semana os azuis e oiro recebem a equipa do 1º Dezembro em jogo que fecha a 1ª volta desta fase de manutenção.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Rafael Santos, Canoa, Braima, Danilson, Rui Cardoso, André Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Lourinho, Hemiliano e Valdemar Mané.

Ainda jogaram: João Carapinha, Thomas Gregg e Mañas.

quinta-feira, 20 de março de 2014

Sintrense vs "O Elvas"


A equipa de "O Elvas" desloca-se no próximo domingo até Sintra para defrontar a equipa do Sintrense, em jogo a contar para a 6ª Jornada da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional de Seniores.

Depois de uma derrota amarga no último fim de semana, os comandados de Jorge Vicente têm mais uma deslocação difícil até Sintra onde esta partida será tudo ou nada para os azuis e oiro que não podem perder mais pontos.

O Sintrense encontra-se na 3ª posição com 23 pontos, já "O Elvas" encontra-se no 6º e penúltimo lugar com 15 pontos.

Na fase regular a equipa azul e oiro venceu no terreno do Sintrense por 3 bolas a 2 com um bis de Jorginho e um golo de Carlos Vaz, jogadores estes que entretanto abandonaram o plantel.

Já é conhecido o juiz que irá dirigir o encontro do próximo domingo, será o senhor Bruno Miguel Carmo Vieira que pertence à Associação de Futebol de Beja, sendo o observador o senhor Manuel Oliveira Antunes.

Jovem árbitro de 24 anos que já dirigiu um encontro da equipa de "O Elvas" nesta temporada, mais propriamente na derrota por 2 - 1 no terreno do futebol Benfica, jogo este que marcou a estreia de Jorge Vicente no comando da equipa azul e oiro. 

Lista de Convocados:

Guarda-Redes: Luís Marques e Rafael Santos;

Defesas: Canoa, Danilson, Braima, Rui Santos e Rui Cardoso;

Médios: André Largueiras, João Carapinha, Luís Carapinha e Aricson;

Avançados: Thomas Gregg, Hemiliano, Ricardo Fernandes, Lourinho, Valdemar Mané e Mañas.

segunda-feira, 17 de março de 2014

Análise do Jogo "O Elvas" vs Operário


Resultado injusto num grande jogo de futebol em que o Elvas fez tremer o adversário mais difícil desta 2ª fase, com duas bolas no ferro e uma mão cheia de ocasiões, mas a sorte desta vez esteve do lado açoriano.

Relativamente à primeira parte do jogo, nos primeiros 30 minutos o Operário exerceu uma forte pressão atacante para resolver cedo o jogo e o Elvas deparou-se com algumas dificuldades defensivas para parar o caudal ofensivo da equipa da Lagoa. A grande pressão alta do adversário fazia com que o Elvas não conseguisse sair com a bola jogável do seu setor defensivo e o enorme labor do médio guineense Ilmo, nº 15 ao serviço da equipa açoriana, que controlava todo o jogo quer defensivamente quer ofensivamente era uma autêntica máquina de construção de jogo que aniquilava o nosso meio campo. Ainda na primeira parte Mané faz uma grande arrancada e fura toda a defesa açoriana e oferece a bola a Lourinho que remata para uma grande defesa de João Botelho, foi a grande ocasião do Elvas na primeira metade do jogo.


Na segunda parte, o jogo foi mais equilibrado e de parada e resposta, em que o Elvas teve pelo menos 4 ou 5 oportunidades de golo, em que duas delas foram ao ferro da baliza de João Botelho, fazendo recuar bastante a equipa de André Branquinho. E surge o minuto fatídico (63) em que  o cabo-verdiano joazimar Stehb, jogador veloz e habilidoso, que foi um quebra- cabeças para a defensiva elvense em todo o jogo,  não perdoou um erro defensivo do Elvas e converteu o único golo do jogo. O Elvas perde 3 pontos, em parte devido à inoperância atacante, porque criou situações suficientes para vencer este jogo, ou mesmo para não o perder, mas os erros pagam-se caros perante este tipo de adversários e na minha opinião este é o adversário mais forte das oito equipas da série G e além disso reforçou bem o seu meio campo no mercado de Inverno.


No entanto, o Elvas tem vindo a melhorar, principalmente o entrosamento da equipa e a sua capacidade de combate e de condição física, muito graças ao enorme labor do seu técnico Jorge Vicente, o que não tem nada a ver com as prestações da equipa na 1ª fase em que a sua debilidade física era notória e agora dispõe de jogadores com capacidade suficiente para enfrentar qualquer adversário, o que nos leva a pensar que poderemos ir a Sintra discutir o resultado sem qualquer receio. De referir que deve-se trabalhar mais as jogadas de estratégia para aproveitar a boa elevação de Danilson e melhorar os passes da defesa para a zona de construção, para não se verificarem perdas de bola em zona perigosa.


De qualquer forma, a situação relativamente a resultados dos nossos adversários não nos está a favorecer, visto que tanto o Ideal, como o Praiense estão a conseguir pontuar perante adversários do topo da tabela classificativa, o que nos está a dificultar ainda mais a recuperação para fugir aos últimos lugares e sendo assim, torna-se fulcral as duas saídas aos Açores nos campos do Ideal e do Praiense, como autênticas finais.


 Devemos continuar a acreditar nestes jogadores, nesta equipa técnica, na direção e principalmente nos sócios que sempre acompanharam a equipa, desde o primeiro dia do início do campeonato, porque esses são os que sempre sentiram o nome do clube, nos bons e maus momentos.



domingo, 16 de março de 2014

"O Elvas" perde com Operário por 1 bola a 0



Jogou-se na tarde deste domingo a 5ª jornada da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional de Seniores em que a equipa do "O Elvas" recebeu a equipa do Operário, num jogo que acabaria por dar a vitória ao Operário por 1 bola a 0.

Jogo que se adivinhava difícil para os comandados de Jorge Vicente que deram tudo dentro do campo para levar de vencida a equipa do Operário mas hoje a sorte não esteve do nosso lado.

Nota positiva para a massa adepta presente no estádio.

Com esta derrota a equipa volta a cair para a penúltima posição com 15 pontos, menos 1 que SC Praiense e menos 2 que Sporting Ideal.

Na próxima semana a equipa desloca-se até Sintra para defrontar a equipa do Sintrense.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Rafael Santos, Canoa, Braima, Danilson, Rui Cardoso, André Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Thomas Gregg, Lourinho e Valdemar Mané.

Ainda jogaram: Hemiliano e Mañas.

quinta-feira, 13 de março de 2014

"O Elvas" vs Operário



Joga-se no próximo domingo pelas 15 horas a 5ª jornada da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional de Seniores, em que a equipa de "O Elvas" recebe a equipa do Operário, num jogo em que as entradas são gratuitas para todos os que queiram ir apoiar a equipa.

A equipa azul e oiro está a fazer uma magnifica fase de manutenção e todo o apoio é necessário para que no próximo domingo consigamos levar de vencida a difícil equipa do Operário, que tem oscilado entre o bom momento e o mau nesta nova fase do campeonato.

As condições climatéricas têm estado óptimas, a equipa está a jogar bem, as entradas são gratuitas, que desculpa têm os associados, adeptos e simpatizantes para não se deslocarem ao estádio Municipal Patalino? NENHUMA

Por isso está na hora dos Elvenses voltarem a apoiar o MAIOR clube do Alentejo!

Já é conhecido o juiz que irá dirigir o jogo do próximo domingo, será o senhor Bruno Miguel Cândido Rebocho que pertence à Associação de Futebol de Évora, sendo o observador o senhor Paulo Sérgio Lapo Ferreira.

Para este jogo como se era de esperar o técnico azul e oiro convocou para esta partida todo o plantel.

Lista de Convocados:

Guarda-Redes: Luís Marques e Rafael Santos;

Defesas: Ricardinho, Canoa, Danilson, Braima, Rui Santos, João Carapinha e Rui Cardoso;

Médios: André Largueiras, Luís Carapinha, Luís Dias e Aricson;

Avançados: Carlos Xavier, Hemiliano, Lourinho, Luís Coelho, Valdemar Mané, Thomas Gregg, Ricardo Fernandes, Tiago Santo e Mañas.


"O Elvas" CAD - C.Operário com entrada livre


A Direção do Clube Alentejano de Desportos convida todos os associados, adeptos e simpatizantes a assistir gratuitamente ao importante jogo de domingo, dia 16 de março pelas 15:00 horas frente ao C.Operário D.

Numa altura importantante da época, "O Elvas" CAD necessita de todo o apoio. No domingo todos os caminhos vão dar ao Estádio Municipal Domingos Patalino.
"http://www.oelvascad.pt/"

segunda-feira, 10 de março de 2014

Análise do Jogo Casa Pia vs "O Elvas"



Resultado excelente em que estiveram presentes o fator sorte, a humildade e muito empenho e sacrifício. Na primeira parte o Elvas nunca se entendeu nas marcações dos avançados lisboetas, o que já é habitual quando surgem adversários que trocam muito bem a bola do meio campo para a frente e esta equipa do Casa Pia apresenta um futebol vistoso e bonito, de toque de bola fácil e de primeira em grande circulação quase ao estilo “tiki taka” do poderoso Barcelona e só pecou na finalização.

Na segunda parte, Jorge Vicente fez algumas correções relacionadas com a forma de defender e o Elvas passou a bloquear com naturalidade as ofensivas da equipa de José Viriato, defendendo de forma simples e não complicando na hora de colocar a bola longe de Rafael e do quarteto defensivo que nesta segunda parte esteve assertivo, com destaque para Braima que não dando nas vistas foi sempre intercetando os lances de ataque organizado do Casa Pia que através dos inúmeros cruzamentos ia tentando chegar à baliza de Rafael.


Os minutos passavam e o Elvas ia enervando o adversário até que no minuto 69 numa das poucas transições rápidas Luís Carapinha converte o único golo deste jogo e a partir daí o Casa Pia ficaria ainda mais nervoso e começou por fazer jogo direto, facto que facilitou a defensiva alentejana principalmente no jogo aéreo. Nos últimos minutos o Elvas sentia-se mais confiante e acreditou que era possível amealhar os 3 pontos e foi equilibrando o jogo até chegar o seu término.


Depois deste brilhante resultado e da vitória do Praiense sobre o Sporting Ideal, o campeonato está cada vez mais igualado, até mesmo em relação ao 4º classificado Sintrense que já só tem mais 5 pontos que nós e faltando ainda muitos jogos e a atual tabela classificativa, inesperada para muita gente, vai com certeza, inquietar o 3º e 2º classificados, portanto, muita coisa pode acontecer até fim. 


No próximo domingo teremos mais um adversário complicado, o Operário, que também se reforçou neste mercado de inverno, iremos certamente à procura da quarta vitória nesta 2ª fase, rumo à manutenção.


domingo, 9 de março de 2014

"O Elvas" vence Casa Pia por 1 - 0




A equipa de "O Elvas" deslocou-se na tarde deste domingo até Lisboa para defrontar a equipa do Casa Pia em jogo a contar para a 4ª jornada da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional de Seniores, acabando com o resultado por ser uma vitória da equipa azul e oiro por 1 bola a 0.

O golo da equipa azul e oiro foi marcado por Luís Carapinha aos 69 minutos.

Grande, grande vitória da equipa azul e oiro que fez história ao ganhar em Pina Manique num jogo em que a "estrelinha de campeão" esteve do nosso lado.

Com esta vitória a equipa azul e oiro sobe à 6ª posição fugindo assim aos lugares de descida e de playoff.

Em 4 jogos a equipa tem 3 vitórias e 1 empate.

Na próxima semana os comandados de Jorge Vicente recebem a equipa do Operário num jogo em que se pede aos sócios e adeptos que apareçam no estádio para todos juntos apoiarmos esta equipa que merece todo o nosso apoio.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Rafael Santos, Canoa, Danilson, Braima, Rui Cardoso, André Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Thomas Gregg, Lourinho e Valdemar Mané.

Ainda jogaram: João Carapinha, Hemiliano e Mañas.

quinta-feira, 6 de março de 2014

Casa Pia vs "O Elvas"



A equipa de "O Elvas" desloca-se no próximo domingo pelas 15 horas até Lisboa para defrontar a equipa do Casa Pia, em jogo a contar para a 4ª jornada da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional de Seniores. 

Neste momento os azuis e oiro estão em sexto lugar com 12 pontos, já o Casa Pia é líder isolado com 26 pontos.

Prevê-se um jogo muito complicado para os comandados de Jorge Vicente que têm de dar tudo por tudo para tentar trazer pelo menos 1 ponto de Lisboa.

Já é conhecido o juiz que irá dirigir o encontro de domingo, será o senhor André Alexandre Costa Baltasar que pertence à Associação de Futebol de Beja, sendo o observador o senhor Carlos Maria Estriga.

Lista de Convocados:

Guarda-Redes: Rafael Santos e Luís Marques;

Defesas: Canoa, Ricardinho, Danilson, Braima, João Carapinha, Rui Santos e Rui Cardoso;

Médios: Largueiras, Luís Carapinha e Aricson;

Avançado: Lourinho, Luís Coelho, Hemiliano, Thomas Gregg, Valdemar Mané e Mañas.


segunda-feira, 3 de março de 2014

Análise do Jogo "O Elvas" vs SC Praiense




Terceira jornada da fase de manutenção, o Elvas defrontou neste domingo de Carnaval a equipa açoriana do SC Praiense que é um dos adversários diretos na luta para a despromoção e mais uma vez os adeptos elvenses se dissociaram da equipa não comparecendo ao estádio num jogo de capital importância, quando seria imprescindível a sua presença para apoiar a equipa no caminho das vitórias e da manutenção e registando-se mais uma vez uma assistência bastante fraca.

Relativamente ao jogo, na primeira parte o Elvas teve momentos de domínio em que parecia que resolveria facilmente o jogo, mas também teve outros momentos de intranquilidade em que permitiu ao adversário algumas ocasiões, mas se não fosse a solidez defensiva e as grandes intervenções do jovem Rafael, poderíamos ter tido alguns dissabores, mais por culpa própria do que por mérito do Praiense. Tivemos ainda uma grande ocasião de Lourinho, ainda nesta primeira parte, que não conseguiu concretizar. Mas tínhamos posse de bola e fazíamos pressing alto, embora a equipa da Praia da Vitória também exercesse uma forte pressão sobre o meio campo alentejano, criando dificuldades na nossa zona de construção, obstruindo assim a nossa zona de finalização.


Na segunda parte começa com algum equilíbrio, onde as defesas se sobrepunham aos ataques e o marcador continuava sem ser desbloqueado, até que começam a surgir algumas oportunidades por parte do Elvas, em transições rápidas, pois a partir dos 60 minutos pareceu-me que o Elvas se encontrava em melhores condições físicas e a equipa de Francisco Faria limitava-se a gerir o resultado que lhe era favorável, mas no minuto 69 numa jogada magnífica de Lourinho dentro da área, dribla dois adversários e obtém o primeiro golo de belo efeito. O jogo continua partido em transições rápidas mas mais perigosas por parte do Elvas e no minuto 84 novamente o irrequieto Lourinho, já na pequena área aproveita um ressalto de bola para fazer o definitivo 2-0. Ainda surgiu uma outra ocasião que poderia ter dado o terceiro golo, mas não foi concretizado. Nos últimos minutos o Praiense já não tinha forças para tentar a recuperação e o Elvas ia gerindo o tempo e o resultado.


Como é evidente uma equipa que ganha ou que não perde, vai adquirindo níveis de confiança e isso já se verifica nesta equipa de Jorge Vicente, embora tenha ainda um longo caminho a percorrer, porque existem muitos aspetos que a equipa está atrasada em relação a outras equipas, como as rotinas de jogo e o seu conjunto que se adquirem com o tempo, no entanto já melhorou muito a condição física, a posse de bola, o pressing, a circulação de bola e até já vai ganhando o jogo aéreo tanto na defesa como no ataque o que é muito importante. Na minha opinião, ainda necessita de melhorar a finalização, as jogadas de estratégia, os passes de rutura e a circular a bola mais rápida para não perder tão rapidamente a posse de bola.


Na próxima jornada teremos um adversário muito complicado, o Casa Pia, no seu estádio será uma tarefa bastante difícil, mas não é impossível e com uma estratégia bem montada poderemos trazer de Lisboa um resultado positivo. O Elvas está atualmente em lugar de Play-off, mas o objetivo principal é fugir a esses três últimos lugares e só lhe faltam 2 pontos, lugar que é neste momento ocupado pelo Sporting Ideal.

domingo, 2 de março de 2014

"O Elvas" vence SC Praiense por 2 bolas a 0



Jogou-se na tarde deste domingo a 3ª jornada da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional de Seniores, em que a equipa azul e oiro recebeu a equipa Açoriana do SC Praiense, acabando com a vitória por parte dos comandados de Jorge Vicente por 2 bolas a 0.

Os dois golos da partida foram ambos marcados por Carlos Lourinho (69 e 84 minutos).

Vitória merecida e muito importante para a equipa de "O Elvas" que a cada jogo que passa começa a demonstrar melhorias na sua performance.

De realçar que este foi o primeiro jogo esta época que a equipa não sofreu nenhum golo.

Com esta vitória os azuis e oiro sobem à 6ª posição ficando na zona de playoff.

Na próxima semana a equipa azul e oiro desloca-se até Lisboa para defrontar a equipa do Casa Pia.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Rafael Santos, Canoa, Danilson, Braima, Rui Cardoso, André Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Hemiliano, Lourinho e Mané.

Ainda jogaram: Thomas Gregg, João Carapinha e Mañas.